UCL – Juventus 2×2 Tottenham

Juventus e Tottenham se enfrentaram nesta terça-feira (13) pela primeira partida das oitavas de final da Champions League e ficaram em um movimentado empate por 2 a 2. Gonzalo Higuaín marcou duas vezes para os italianos, ainda nos primeiros 10 minutos de jogo, e os Spurs buscaram o empate com gols de Harry Kane e Christian Eriksen. O resultado soa positivo para o Tottenham, pelas circunstâncias de ter saído atrás do marcador e também por conseguir 2 gols na casa do adversário. Com isso, na partida de volta no dia 7 de março, em Wembley, igualdade em 0x0 ou 1×1 nos classifica. Quem vencer segue adiante e um novo 2×2 leva a partida para a prorrogação.

Maurício Pochettino promoveu mexidas na equipe, com Erik Lamela ganhando a vaga de Heung-Min Son e na lateral direita, Aurier foi o escolhido para a vaga de Trippier. Sendo assim, o Tottenham foi a campo com Lloris; Aurier, Sanchez, Vertonghen, Davies; Dier, Dembele, Eriksen, Dele, Lamela; Kane. Já a Juventus, sem Dybala, Cuadrado, Matuidi, Lichtsteiner, Howedes e Barzagli (todos lesionados) foi escalada por Massimiliano Allegri com Buffon; De Sciglio, Benatia, Chiellini, Alexsandro; Khedira, Pjanic, Bernardeschi, Douglas Costa; Mandzukic, Higuaín.

O início do jogo foi o pior possível para o Tottenham. Logo aos 2′, em cobrança de falta ensaiada, Pjanic acionou rapidamente Higuaín que recebeu livre e girou batendo de primeira. Lloris até tocou na bola mas sem força para tirar do caminho do gol, Juventus 1 a 0. Sem assimilar o golpe e nervoso em campo, o Tottenham tomou o segundo. Ben Davies fez pênalti em Bernardeschi aos 8 minutos. Higuaín foi pra bola e encheu o pé no canto direito de Lloris, que novamente tocou na bola mas não pôde evitar o gol. Com o 2 a 0 a Juventus se retraiu e o Tottenham tomou o controle absoluto do jogo, tentando correr atrás do prejuízo.

Aos 26′, Eriksen deixa Kane na cara do gol mas o centroavante esbarra em boa defesa de Buffon. Aos 30′, Higuaín quase amplia em contra-ataque. Dois minutos depois, Kane bate de esquerda e obriga Buffon a outra boa defesa no cantinho. E aos 35′, os Spurs diminuem. Dele Alli acha boa assistência para Harry Kane que sai na cara de Buffon, dribla o goleiro italiano e toca para o gol vazio, de canhota. Quando o Tottenham parecia perto do empate, uma jogada individual de Douglas Costa quase botou tudo a perder. O brasileiro dribla Aurier, ganha de Sanchez e já dentro da área é parado pelo mesmo Aurier com falta. Pênalti que Higuain cobrou com uma bomba no meio do gol, que explodiu no travessão.

Na etapa complementar, os Spurs seguiram em cima buscando o empate. A Juventus tentava ampliar no contragolpe e o jogo foi muito bom. Aos 58′, a Juventus tem duas ótimas oportunidades, primeiro com Bernardeschi que chuta para grande defesa de Lloris, mandando à escanteio. Na cobrança, Mandzukic ganha no alto e cabeceia para nova intervenção de Lloris. O Tottenham não conseguia criar chances perigosas, até a falta sofrida por Dele Alli aos 70′. Christian Eriksen foi pra bola e encheu o pé rasteiro, no canto do goleiro, vencendo Buffon e deixando o placar em 2 a 2.

A partir daí os dois times buscaram o ataque de forma mais comedida, com certo medo de tomar o terceiro gol. Houve tempo para a estreia de Lucas Moura, que entrou aos 89 minutos, mas pouco tempo teve para produzir algo, e o placar ficou mesmo na igualdade em 2×2. O Tottenham volta a campo no próximo sábado (18) para enfrentar o Rochdale, pela Copa da Inglaterra. O jogo de volta contra a Juventus, em Wembley, será apenas no dia 7 de março.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

Emerson Araujo

Jornalista, aficionado por futebol, torcedor do Cruzeiro (de nascença) e do Tottenham (desde 2005). Orgulhosamente, um dos fundadores da Tottenham Brasil e colaborador do Guerreiro dos Gramados, site voltado a cruzeirenses. Odeia Guardiolismos e acredita que atacante tem que fazer gol. Acredita que todo dia é um 7 a 1 diferente e não há nada de mau nisso. Exímio treinador no Football Manager.

Latest posts by Emerson Araujo (see all)

  • Gustavo Gonçalves

    Spurs que após os 2×0 tiveram uma tranquilidade e objetividade para reverter o placar. Jogaram como se fossem uma equipe acostumada a esses torneios contra uma equipe já tarimbada. Com esse futebol tem chances consideráveis de classificação em Londres. Pocchetino doutrinou taticamente sob Alegri. Neutralizaram Pjanic aonde originava a maioria das jogadas da equipe italiana. Eriksen e Kane muito bem no jogo.