EPL – Tottenham 5×1 Stoke

O Tottenham recebeu o Stoke City e conseguiu uma ótima vitória por 5 a 1, para afastar de vez a má fase. Vindo de quatro jogos sem vencer na Premier League, os Spurs não tomaram conhecimento dos Potters, que nos deram uma ajudinha na abertura do placar, com o gol contra de Swawcross. No segundo tempo, Son, Kane (duas vezes) e Eriksen também marcaram. Shawcross tentou se redimir e fez o gol de honra dos visitantes. Com o resultado, o Tottenham ultrapassou o Arsenal (que ainda joga na rodada) chegando aos 28 pontos, na quinta posição. A liderança continua com o Manchester City, que já soma 43.

Mauricio Pochettino tinha problemas na defesa para escalar o Tottenham. Além do zagueiro Alderweireld, que segue lesionado, Sanchez foi expulso contra o Watford e ficará três rodadas fora do time, suspenso. Com isso o treinador abandonou o esquema com 3 zagueiros e voltou a usar uma linha de 4 na defesa, colocando Dier na zaga e colocando Winks ao lado de Dembelé no meio. Sendo assim, os Spurs foram a campo com Lloris; Trippier, Dier, Vertonghen, Davies; Winks, Dembele, Eriksen, Dele, Son; Kane. Já o Stoke foi para a partida em uma formação extremamente defensiva, nem tanto pela escalação, mas pela postura. Mark Hughes alinhou seu time com Butland; Zouma, Shawcross, Wimmer; Edwards, Fletcher, Allen, Pieters; Shaqiri, Diouf, Choupo-Moting.

O Tottenham assumiu o controle da bola desde o início e tentava criar. O Stoke parecia bem satisfeito em segurar o empate e tentar estocadas eventuais em contra-ataques e bola parada. Aos 21′, boa jogada de Son pela esquerda, ele passa pela marcação de Edwards e cruza. A bola desvia no zagueiro Zouma e ganha a direção do peito de Shawcross, que havia se atirado na bola para tentar o corte rasteiro. Infelicidade para o Stoke que do peito de Shawcross a bola fosse para o gol e Butland nada pôde fazer. O gol tranquilizou os Spurs que começaram a criar mais ocasiões. Son aos 25′ e Eriksen aos 28′ foram parados por grandes defesas de Butland. E aos 37′, Son acha Kane na cara do gol, o centroavante gira para se desvencilhar na marcação e bate no canto. A bola passa raspando a trave, numa chance incrível desperdiçada pelo artilheiro.

A etapa complementar começa com o Tottenham disposto a resolver logo a parada. E aos 53′ Dele Alli acha grande passe para Son nas costas da defesa. O sul-coreano domina e bate no canto de Butland para fazer 2 a 0. Logo na saída de bola, os Spurs pressionam a saída e a bola chega a Butland. Numa falta de juízo, o goleiro tenta driblar Kane, é interceptado e quase sofre o gol, mas consegue mandar para escanteio no momento exato. No desdobramento da cobrança, Ben Davies cruza na área e Kane passa por cima de Pieters, cabeceando com muita força entre as pernas de Butland para fazer o terceiro. O Stoke tenta descontar e aos 61′, Shaqiri para em bela defesa de Lloris. Quatro minutos depois, o quarto gol. Eriksen lança Son, a zaga consegue o corte providencial, mas a bola se oferece para Harry Kane, na meia-lua. O centroavante calibra o pé esquerdo e toca no cantinho de Butland para balançar as redes. Foi o décimo segundo tento de Kane na liga, o colocando como artilheiro ao lado de Salah, do Liverpool.

Com as coisas bem resolvidas, Pochettino mexeu no time, lançando Lamela na vaga de Dele. Aos 74′, Eriksen fez o quinto gol dos Spurs após receber boa assistência de Son, um dos melhores em campo. Para não dizer que a atuação da equipe foi perfeita, aos 80′ Lloris saiu mal para cortar cruzamento e foi antecipado por Shawcross, que testou firme para diminuir e encerrar o marcador. Ainda houve tempo para o Tottenham marcar outras vezes, mas Butland seguiu mostrando seu repertório de defesas espetaculares, negando o sexto gol a Eriksen e Kane. Fim de jogo com vitória tranquila por 5 a 1 e moral elevado para enfrentar o Brighton, na próxima quarta-feira, novamente em Wembley pela Premier League.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

Emerson Araujo

Jornalista, aficionado por futebol, torcedor do Cruzeiro (de nascença) e do Tottenham (desde 2005). Orgulhosamente, um dos fundadores da Tottenham Brasil e colaborador do Guerreiro dos Gramados, site voltado a cruzeirenses. Odeia Guardiolismos e acredita que atacante tem que fazer gol. Acredita que todo dia é um 7 a 1 diferente e não há nada de mau nisso. Exímio treinador no Football Manager.

Latest posts by Emerson Araujo (see all)

  • Danilo Celtics #Banner18

    podia jogar assim todos os jogos em wembley né?