UCL – APOEL 0x3 Tottenham

Um Tottenham drasticamente modificado pelas lesões foi até a cidade de Nicosia, no Chipre, enfrentar nesta terça-feira (26/09) o APOEL, pela 2ª rodada do grupo H da Champions League e conquistou uma bela vitória por 3 a 0. Todos os gols da partida foram marcados por Harry Kane, que chegou a 5 tentos em apenas 2 jogos do torneio. Com o resultado, o Tottenham chegou aos mesmos 6 pontos do Real Madrid no Grupo H e os clubes lideram com campanhas idênticas. Spurs e Merengues, inclusive, vão se enfrentar duas vezes seguidas nas próximas rodadas. Borussia Dortmund e APOEL seguem zerados.

Sem poder contar com Dele Alli, ainda cumprindo suspensão por expulsão na última Liga Europa, Vertonghen, suspenso na última partida contra o Borussia Dortmund, Lamela, Rose, Eriksen, Dembele e Wanyama, todos lesionados, Pochettino se viu obrigado a improvisar em alguns setores. O treinador argentino usou o lateral Davies como zagueiro pela esquerda e botou o lateral direito Trippier pelo outro lado. Sendo assim, o Tottenham foi alinhado com Lloris; Alderweireld, Sanchez, Davies; Aurier, Dier, Winks, Trippier; Sissoko, Son, Kane. Já o APOEL foi alinhado por Giorgos Donis com Waterman; Vouros, Rueda, Carlão, Lago; Vinícius, Morais, Zahid, Sallai, Aloneftis; Igor de Camargo.

Mais que a presença de alguns brasileiros, vale a pena ressaltar o goleiro Boy Waterman, que enquanto defendia o AZ Alkmaar, da Holanda, foi atacado por um torcedor do Ajax numa tentativa de voadora. O arqueiro não se fez de rogado, desviou e ainda “juntou o invasor na porrada”, digamos assim. A bela cena você pode conferir aqui. Mas falando do jogo, que é o que interessa, os Spurs tinham muita dificuldade para criar pela ausência dos seus homens de maior talento no meio. Kane parecia perdido na frente e não era municiado, tendo dificuldades com a marcação dura do time da casa.

Aos 18′, Trippier cruzou e Son cabeceou por cima, representando a primeira boa chance do Tottenham. No minuto seguinte veio a resposta, com Igor de Camargo acertando o travessão de Lloris. Aos 35′, paçocada de Lloris com Sanchez que quase resulta em gol. O goleiro francês saiu como um líbero mas chutou em cima do zagueiro colombiano. A bola quase tomou a direção da meta, mas saiu vagarosamente à escanteio. Dois minutos depois, Carlão ganhou de Alderweireld no ar e cabeceou perto. Mas aos 39′, os Spurs abriram o placar. Alderweireld faz um passe longo e rasteiro para Kane, que se aproveita de uma falha de posicionamento da defesa do APOEL para receber em posição legal, dominar e tocar de pé esquerdo na saída de Waterman.

A etapa complementar começou movimentada, com Son quase dobrando a vantagem aos 47′ e com o APOEL criando ocasiões e obrigando Lloris a fazer uma defesa importante já no minuto seguinte. Aos 56′, Aloneftis dispara em velocidade pela esquerda e chuta forte no ângulo para grande defesa de Lloris. Pochettino mexe no time, tirando Aurier para lançar Llorente, colocando o Tottenham no 4-4-2. E a mexida dá muito certo, com o time sendo mais consistente na defesa e dobrando a vantagem aos 62′, quando Sissoko recebe na ponta direita e cruza para Kane. O centroavante domina e bate firme no canto baixo de Waterman, 2 a 0.

Aos 67′, veio o golpe de misericórdia. Trippier cruza na área e Kane cabeceia sem chances para Waterman, determinando o placar final. A partir daí, os Spurs cozinharam a partida e fizeram algumas mexidas, com Nkoudou e o jovem Georgiou entrando nas vagas de Kane e Sissoko. O Tottenham volta a campo no próximo sábado, para encarar o Huddersfield na casa do adversário, pela Premier League. Pela Champions, jogaremos apenas no dia 17 de outubro, contra o Real Madrid, no Santiago Bernabéu.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

Emerson Araujo

Jornalista, aficionado por futebol, torcedor do Cruzeiro (de nascença) e do Tottenham (desde 2005). Orgulhosamente, um dos fundadores da Tottenham Brasil e colaborador do Guerreiro dos Gramados, site voltado a cruzeirenses. Odeia Guardiolismos e acredita que atacante tem que fazer gol. Acredita que todo dia é um 7 a 1 diferente e não há nada de mau nisso. Exímio treinador no Football Manager.

Latest posts by Emerson Araujo (see all)