EPL – West Ham 2×3 Tottenham

O Tottenham foi até o Estádio Olímpico de Londres, enfrentar o West Ham e sofreu para arrancar os 3 pontos em um jogaço, que terminou no placar de 3 a 2. Após abrir 3 a 0, com dois gols de Kane e um de Eriksen, os Spurs viram Chicharito descontar, Aurier nos deixar com 10 homens em campo após expulsão imbecil e Kouyaté marcar o segundo dos Hammers. Mas a vitória foi mantida. Com o triunfo, o Tottenham ocupa provisoriamente a terceira posição na tabela, com 11 pontos, cenário que provavelmente mudará no desenrolar dos outros jogos, visto que nossa partida foi a primeira da rodada.

Mauricio Pochettino não pôde contar com Dembélé no meio-campo, assim como os velhos desfalques de Rose, Wanyama e Lamela. Sendo assim, alinhou os Spurs com Lloris; Alderweireld, Sanchez, Vertonghen; Aurier, Dier, Sissoko, Davies; Eriksen, Dele, Kane. Já o West Ham foi alinhado por Slaven Bilic com Hart; Fonte, Reid, Ogbonna; Zabaleta, Kouyaté, Noble, Cresswell; Antonio, Arnautovic, Chicharito.

O jogo foi extremamente pegado desde os primeiros movimentos. Além de ser um clássico londrino, o confronto ganhou ânimos um pouco mais acirrados após a última temporada, quando os Spurs deixaram a corrida pelo título inglês após perder para os Hammers. Com muita transpiração e poucas chances de gol, assim decorreu o jogo até os 34 minutos. Eriksen achou passe magistral para Dele na direita, o meia cruzou e Harry Kane completou de cabeça, sem chance para Hart. A bola ainda beijou a trave antes de entrar. Sem dar tempo de reação, o Tottenham fez o segundo. Vertonghen lançou Dele em profundidade, a finalização foi defendida por Hart. Mas Kane pegou o rebote e apenas rolou para o gol vazio, 2 a 0.

A superioridade dos visitantes se manteve na etapa complementar e o terceiro gol saiu aos 60′, quando Eriksen pegou o rebote na área e finalizou no cantinho de Hart, botando o 3×0 no score. Entretanto, este gol parece ter relaxado um pouco os Spurs, que bobearam e permitiram a reação. Após a cobrança de escanteio, Fonte ganhou o duelo no ar e a bola sobrou para Chicharito que completou para as redes. O Tottenham não contava com a burrice de Aurier, que cometeu uma falta desnecessária no meio campo, tomou o segundo amarelo e deixou o duelo ainda mais dramático.

Com um a menos o Tottenham tentava jogar com inteligência e gastar o tempo. As substituições de Pochettino foram sempre neste sentido. Mas a situação se complicou de vez aos 87′, quando Masuaku cruzou e Kouyaté subiu mais que todo mundo, cabeceando firme para anotar o segundo do West Ham. A partir daí o time da casa foi para o desespero e o Tottenham tentava se segurar de qualquer forma. Com alguns desentendimentos no campo, empurrões, pescotapas e poucos elogios, os times lutaram até o fim, mas o placar não se movimentou mais. West Ham 2×3 Tottenham.

Os Spurs voltam a campo na próxima terça-feira, agora pela Champions League. O adversário será o APOEL Nicosia, no Chipre, e uma vitória nos colocaria em ótima condição para buscar a classificação ao mata-mata. Pela Premier League, vamos visitar o Huddersfield, no próximo sábado.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

Emerson Araujo

Jornalista, aficionado por futebol, torcedor do Cruzeiro (de nascença) e do Tottenham (desde 2005). Orgulhosamente, um dos fundadores da Tottenham Brasil e colaborador do Guerreiro dos Gramados, site voltado a cruzeirenses. Odeia Guardiolismos e acredita que atacante tem que fazer gol. Acredita que todo dia é um 7 a 1 diferente e não há nada de mau nisso. Exímio treinador no Football Manager.

Latest posts by Emerson Araujo (see all)