UCL – Tottenham 3×1 Borussia Dortmund

The Chaaaampions! O Tottenham reestreou na maior competição de clubes do mundo com uma vitória maiúscula sobre o Borussia Dortmund por 3 a 1. Jogando no estádio de Wembley, os Spurs abriram o placar com Son e construíram a vitória com dois gols de Harry Kane. Yarmolenko descontou para os alemães. Com o resultado o Tottenham fica com 3 pontos no Grupo H da Champions, atrás do Real Madrid apenas no saldo de gols. Dortmund e Apoel estão zerados.

Sem poder contar com Dele Alli, suspenso por expulsão na Europa League passada, além dos outros desfalques recorrentes por lesão (Lamela, Rose, Wanyama e N’Koudou) Mauricio Pochettino promoveu a estreia do lateral marfinense Serge Aurier. O treinador argentino mandou os Spurs a campo com Lloris; Alderweireld, Sanchez, Vertonghen; Aurier, Dier, Dembele, Davies; Eriksen, Son, Kane. Pelo lado do Dortmund, Peter Bozs também tinha problemas, com a indisponibilidade de Durm, Guerreiro, Schmelzer, Rode, Reus e Schurrle. Sendo assim, o Borussia foi alinhado com Burki; Piszczek, Sokratis, Toprak, Toljan; Dahoud, Sahin, Kagawa; Yarmolenko, Pulisic, Aubameyang.

O jogo começou maluco, em um ritmo alto e com as defesas se equivocando muito. Tanto que logo aos 4 minutos, Son foi acionado na ponta esquerda, avançou com certa liberdade, pedalou pra cima de Sokratis, entrou na área e encheu o pé canhoto no canto do goleiro Burki, estufando as redes e abrindo o marcador. Entretanto, os problemas defensivos do Tottenham eram nítidos e Aurier sofria para marcar Pulisic. O gol dos aurinegros saiu ironicamente pelo outro lado. Yarmolenko tabelou com Kagawa e acertou um chute absurdo no ângulo de Lloris, igualando o placar aos 11′.

O Tottenham não se fez de rogado e parecia determinado a conquistar a primeira vitória na temporada em Wembley. Aos 15′, Harry Kane mostrou o porquê é chamado de hurricane. Como um furacão, passou por cima da marcação de Sokratis e Sahin, encarou Toprak, puxou para o pé canhoto e também soltou a bomba no canto de Burki, que novamente esperou um chute cruzado e foi batido. Com o 2 a 1 no score, o Tottenham tentou acalmar a partida e abandonar o ritmo frenético dos instantes iniciais. Conseguiu, mas seguia sofrendo e não acertava a marcação, tampouco conseguia ligar bons contra-ataques.

Na etapa complementar a tônica da partida não muda, mas o Tottenham começa a achar espaço para dar suas estocadas. A linha defensiva do Dortmund começa a ser quebrada com mais facilidade e os espaços aparecem. Aos 49′ Kane tem grande chance para marcar mas finaliza por cima. Um minuto depois, Kane serve a Son no contra-ataque, o sul-coreano domina driblando e arremata bonito. A bola também passa raspando o travessão de Burki. O time alemão tem motivos para reclamar de um gol mal anulado quando Aubameyang recebeu cruzamento de Sahin e completou de primeira no contrapé de Lloris. A arbitragem anulou, marcando impedimento inexistente.

Mas o Tottenham não tem nada a ver com isso e marcou o terceiro aos 60′. Após boa troca de passes, Eriksen achou Kane na esquerda e o artilheiro brilhou com uma finalização perfeita de pé esquerdo, cruzada, que ainda raspou na perna de Piszczek e nos dedos de Burki antes de ganhar as redes: 3 a 1. Aos 67′ Ben Davies teve sua chance batendo rasteiro e parando em grande defesa de Burki. Já aos 70′, Lloris faz grande defesa em finalização de Aubameyang. Ainda houve tempo para Fernando Llorente fazer sua estreia, entrando na vaga de Kane aos 86′, para Vertonghen ser expulso por suposta agressão a Mario Gotze (que só o juiz viu) e para Sissoko perder uma chance clara, tentando finalizar por cobertura. Mas o placar ficou mesmo em Tottenham 3×1 Borussia Dortmund.

O Tottenham volta a campo no sábado, para encarar o Swansea, também em casa, pela Premier League. Pela Champions, o próximo desafio será no dia 26 de julho contra o Apoel, no Chipre.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

Emerson Araujo

Jornalista, aficionado por futebol, torcedor do Cruzeiro (de nascença) e do Tottenham (desde 2005). Orgulhosamente, um dos fundadores da Tottenham Brasil e colaborador do Guerreiro dos Gramados, site voltado a cruzeirenses. Odeia Guardiolismos e acredita que atacante tem que fazer gol. Acredita que todo dia é um 7 a 1 diferente e não há nada de mau nisso. Exímio treinador no Football Manager.

Latest posts by Emerson Araujo (see all)