EPL – Tottenham 1×2 Chelsea

Tottenham e Chelsea se enfrentaram neste domingo (20) pela 2ª rodada da Premier League no primeiro jogo dos Spurs como mandante em Wembley, casa provisória para a temporada. Mesmo controlando o jogo, o time da casa pecou nas finalizações e foi derrotado por 2 a 1. Marcos Alonso fez os gols do Chelsea e o atacante dos Blues Batshuayi marcou contra o nosso gol. Com o placar, os times se igualam na classificação com 3 pontos e o Tottenham já causa sua primeira decepção à torcida na temporada.

Maurício Pochettino escalou um time mais próximo do que nos acostumamos a ver na temporada passada. Isto porquê Wanyama, devidamente recuperado de lesão, entrou no time titular na vaga de Sissoko. A outra mudança foi a entrada de Trippier na vaga de Walker-Peters, lateral que havia sido titular na vitória sobre o Newcastle. Sendo assim, a equipe foi escalada com Lloris; Dier, Alderweireld, Vertonghen; Trippier, Wanyama, Dembele, Davies; Eriksen, Dele, Kane. Já o Chelsea de Antonio Conte, tinha os desfalques de Cahill, Fabregas e Hazard. Sendo assim, foi à campo com Courtois; Azpilicueta, Christensen, Rudiger; Moses, David Luiz, Bakayoko, Kanté, Alonso; Willian, Morata.

Como a escalação deixa claro, o Chelsea entrou em campo com uma formação bem defensiva, com uma linha de três zagueiros, dois volantes de ótimo desarme, dois alas e o zagueiro David Luiz também atuando como volante. Como esperado, o Tottenham assumiu o controle do jogo, com muita posse de bola e o Chelsea esperava, numa proposta de jogo mais reativa. Entretanto, a primeira chance clara foi dos Blues, aos 5′, quando Morata recebeu cruzamento preciso e sozinho, cabeceou pra fora. O susto acordou o Tottenham que buscou ser mais incisivo, mas tinha dificuldades de penetração.

Outra dificuldade do Tottenham era o apito de Anthony Taylor, muito mais simpático ao time que vestia azul. Algumas inversões de faltas e critérios diferentes claramente irritavam os jogadores. Mas aos 24′, o juiz não teve interferência, foi o talento que decidiu. Falta de Dele em David Luiz na entrada da área. O lateral Marcos Alonso cobrou com perfeição, colocando no ângulo de Lloris e fazendo Chelsea 1 a 0. A reação foi imediata, com o Tottenham partindo pra cima e Kane dando muito trabalho ao goleiro Courtois, que operou um milagre aos 29′. A sorte não sorria para os Spurs e aos 41′ foi a trave que parou nosso camisa 10. Aos 43′, Davies experimentou e Courtois mandou à escanteio.

Na etapa complementar, o Tottenham seguiu pressionando mas pecava nos arremates. A insistência pelos cruzamentos na área claramente era um erro, visto que o Chelsea tinha muitos jogadores altos e conseguia neutralizar as investidas. O empate só veio aos 82′, graças ao fogo amigo. Eriksen cobrou a falta na área, Batshuayi tentou cortar e mandou par o próprio gol. Quando o cenário era favorável aos Spurs, veio o golpe de misericórdia. Wanyama perdeu bola boba na transição, Pedro achou Alonso na área e o lateral encheu o pé. A bola foi forte e rasteira, no meio do gol, Lloris falhou feio e a bola passou por baixo do goleiro francês, decretando o placar final.

O decepcionante resultado é um alerta para um time que mais uma vez lembrou os insucessos da temporada passada, quando abusava de perder chances de gol e acabava castigado com adversários prolíficos. Que sirva de lição para ser logo corrigido e não nos custe a Champions League, como na época anterior. O próximo jogo dos Spurs será novamente em Wembley, no próximo domingo, contra o Burnley.

 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

Emerson Araujo

Jornalista, aficionado por futebol, torcedor do Cruzeiro (de nascença) e do Tottenham (desde 2005). Orgulhosamente, um dos fundadores da Tottenham Brasil e colaborador do Guerreiro dos Gramados, site voltado a cruzeirenses. Odeia Guardiolismos e acredita que atacante tem que fazer gol. Acredita que todo dia é um 7 a 1 diferente e não há nada de mau nisso. Exímio treinador no Football Manager.

Latest posts by Emerson Araujo (see all)