Dembélé: Eu quero melhorar, todos nós queremos

Se você perguntar a qualquer jogador do Tottenham ele te dirá qual jogador de meio de campo ele considera o melhor do mundo.

Se você quiser uma opinião mais bem fundamentada, que tal perguntar a um certo Mauricio Pochettino? “Vocês sabem como eu me sinto. Ele é um gênio” – disse Mauricio após a performance de Mousa Dembélé na partida diante do Bournemouth, em White Hart Lane, na temporada passada. “O Mousa é capaz de qualquer coisa. Ele é um dos jogadores mais talentosos no mundo”.

“Esse é um grande elogio” – disse Mousa quando soube do comentário do treinador. Mesmo assim, ele se mantém com os pés no chão: “As pessoas ao meu redor são muito importantes. Neste clube, os jogadores e as pessoas que aqui trabalham são um fator importante, além do ambiente saudável. Estou feliz neste ambiente. Isso é bom para mim”.

Mousa está perto de alcançar duas grandes marcas, dentro e fora de campo – na verdade, a marca extra-campo já foi alcançada. Primeiramente: ele já disputou 197 partidas pelos Spurs e logo se tornará o mais novo jogador a alcançar as 200 partidas disputadas com a camisa do clube, desde que chegou em 2012. Sim, cinco anos atrás! A outra marca é de que ele completou 30 anos neste último sábado!

“Meu aniversário, né!? Tenho 30 anos e me sinto bem” – comentou Mousa, que trabalhou muito no verão após ter passado por uma cirurgia no pé ao fim da temporada passada. “Me senti bem na temporada passada. Foi uma grande temporada. Agora, quero melhorar meu desempenho, todos nós queremos. Espero que toda a equipe melhore”.

Mousa tem sido fantástico nas últimas duas temporadas. Inicialmente, fez dupla com Eric Dier em 2015-16, logo antes de formar uma parceria formidável com Victor Wanyama, em uma temporada de 2016-17 que foi marcada por diversas quebras de recorde do clube, com Eric fazendo parte do esquema na linha de 3 zagueiros em um sistema tático de 3-4-2-1.

Um dos pontos-chave do sucesso da equipe, no entanto, é de sempre melhorar. Isso está marcado na atitude de Mousa, assim como na preparação para 2017-18.

“Esta é uma nova temporada e é preciso haver um desafio. Para mim, as duas últimas temporadas foram boas, mas sempre quero melhorar em certos aspectos. Talvez marcar mais gols” – disse o jogador da seleção belga.

“Para alcançar isso, precisamos acreditar em nós mesmos e trabalhar duro. Isso não é difícil nesta equipe, porque só temos jogadores que trabalham arduamente. Isso é só uma questão de seguir o que todos fazem e esperar que cheguemos lá”.

“O que realmente importa não é o meu lado” – concluiu – “O que realmente importa é que o time vença”.

Matéria original: http://www.tottenhamhotspur.com/news/mousa-dembele-on-personal-improvement-130717/

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

Lucas Colenghi

Mineiro de Uberaba (no Triângulo Mineiro). Licenciado em Letras com Habilitação em Português e Inglês pela UFTM. Tenho 22 anos e as duas coisas que eu mais odeio no mundo são: 1- acordar cedo; 2- escanteio curto. Gostar de futebol é legal até você resolver torcer para um time: com o Tottenham não é diferente.