Carter-Vickers e a primeira semana de pré-temporada

Cameron Carter-Vickers, zagueiro de 19 anos, esteve no primeiro grupo a voltar aos treinos, na segunda-feira, na Hotspur Way após as férias. Esteve junto com caras como Michel Vorm, Georges-Kevin Nkoudou e Josh Onomah. Eles passaram os últimos dias sob um intenso regime de exercícios físicos e treino com bola.

Refletindo sobre a semana de trabalho, o selecionável estadunidense disse: “A pré-temporada é sempre difícil. Há muito trabalho na academia, muitas corridas. Estamos tentando readquirir o ritmo”.

“Obviamente, eu estive junto com a equipe principal na pré-temporada passada, então, neste ano, eu já vim mais preparado para o que iria acontecer. É difícil, mas temos de trabalhar duro ao longo de toda a temporada, então precisamos nos acostumar com isso e saber o que se esperar”.

“Para mim, isso aqui é sobre trabalhar o máximo que possível, tentar se readequar fisicamente. Isso é o principal. Depois disso, precisamos ir melhorando pessoalmente, para impressionar o treinador e conseguir algum tempo no campo durante a pré-temporada. Aí é ver o que acontece depois disso”.

Tendo causado boas impressões na pré-temporada de 2016. Cameron pôde incorporar o grupo principal no decorrer da temporada. Embora ele tenha perdido as semanas finais de 2016-17, por causa de uma lesão, ele, ainda assim, pôde se recuperar a tempo de disputar o mundial sub-20 da FIFA na Coreia do Sul. Essa foi a segunda vez em que ele esteve envolvido em tal torneio nos últimos anos. Isso é algo que ele acredita que possa servir de trampolim para seu desenvolvimento em 2017/18.

“Isso realmente me ajudou” – explicou o zagueiro – “Fui lá, joguei algumas partidas e tive uma boa experiência. Quando você está lá, você joga contra os melhores da sua idade e há vários tipos de jogadores. Então é foi algo legal e certamente me ajudou”.

“Agora, estou de volta ao clube, então só preciso continuar trabalhando firme e estar 100% em todos os dias para impressionar o treinador”.

Nascido em Southend, Cameron pôde representar o Estados Unidos, por causa de seu pai, Howard “Hi-C” Carter, ex-jogador de basquete, nascido em Baton Rouge, Louisiana.

Com o time tendo de cruzar o Atlântico para disputar a pré-temporada no fim do mês – para disputar jogos contra o PSG, em Orlando, contra a Roma, em New Jersey, e contra o Manchester City, em Nashville – Cameron acredita que a jornada será tão proveitosa quanto benéfica a todos os envolvidos.

“Já estive em Orlando antes e lembro que lá é bem quente, especialmente nesta época do ano” – comentou – “Cerca de 2 anos atrás, antes de conseguir a classificação para o Mundial sub-20 anterior, treinávamos lá e era bom. Os jogadores podem ficar ansiosos para isso, porque é uma boa cidade”.

“Eu acho que é ótimo para nós jogar contra equipes de grande nível, como o PSG, a Roma e o City. Obviamente, quanto melhores forem seus adversários, mais preparados nós estaremos para a temporada”.

Matéria original: http://www.tottenhamhotspur.com/news/first-team/general/cameron-carter-vickers-on-pre-season-090717/

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

Lucas Colenghi

Mineiro de Uberaba (no Triângulo Mineiro). Licenciado em Letras com Habilitação em Português e Inglês pela UFTM. Tenho 22 anos e as duas coisas que eu mais odeio no mundo são: 1- acordar cedo; 2- escanteio curto. Gostar de futebol é legal até você resolver torcer para um time: com o Tottenham não é diferente.