Winks e a volta mais forte aos gramados

Harry Winks desabafou sobre a lesão sofrida em seu tornozelo que lhe decretou o fim da temporada precocemente em abril. Ele revelou que está utilizando este período de pós-temporada para auxiliar no processo de sua volta às melhores condições físicas.

O prata-da-casa teve um grande ano de revelação em 2016-17, marcando seu primeiro gol na Premier League em uma partida de cinco tentos no dérbi londrino diante do West Ham, além de ter estreado pela Champions League, o que o ajudou a totalizar 33 partidas, até que tudo acabou em 1º de Abril.

A lesão aconteceu quando o jogo se encaminhava para o intervalo em Burnley. O jogador foi para uma dividida, parou fora de campo e o que se constatou, após exames, foi uma lesão nos ligamentos do tornozelo. Assim, ele não pôde atuar novamente antes que a temporada acabasse.

Olhando novamente para aquela tarde, no Turf Moor, Harry admitiu: “Logo que senti a lesão, percebi que era bem sério. Foi meu instinto e a dor estava lá. Foi algo que nunca havia sofrido antes”.

“Eu estava, lá, no hospital e foi difícil, mas é uma daquelas coisas… tento não pensar naquele momento, porque foi um dia horrível. Obviamente, as últimas semanas da temporada foram perdidas e aconteceram grandes jogos: a semifinal da FA Cup, a última partida em White Hart Lane, mas quando olho para a temporada como um todo, me orgulho de mim mesmo, daquilo que conquistei, no sentido de que joguei muitas partidas, pude disputar a Champions League, a FA Cup e pude marcar um gol na Premier LEague. Foi uma grande temporada para mim”.

“Estou muito feliz, mas o mais importante, não se pode parar agora e sei disso. Sei que tenho de continuar trabalhando bastante, tenho de continuar melhorando. O que aconteceu, aconteceu… o mais importante é iniciar a nova temporada, esquecer dessa que passou e almejar a melhora, para dar um passo a frente”.

Winks ainda se pronunciou quando foi perguntado sobre como tem sido seu verão em prol de voltar logo à ação:

“Obviamente, estou me reabilitando e estarei bem em bons 10 dias antes do que qualquer outro. Estou me recondicionando, testando meu tornozelo e tendo certeza que já estou bom para voltar aos período inteiro de treinos”.

“É quase que uma pré-temporada para a pré-temporada, com o único intuito de me colocar em condições para que eu possa voltar na melhor forma que conseguir”.

Matéria original: http://www.tottenhamhotspur.com/news/first-team/general/harry-winks-on-ankle-injury-and-summer-work-200617/

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

Lucas Colenghi

Mineiro de Uberaba (no Triângulo Mineiro). Licenciado em Letras com Habilitação em Português e Inglês pela UFTM. Tenho 22 anos e as duas coisas que eu mais odeio no mundo são: 1- acordar cedo; 2- escanteio curto. Gostar de futebol é legal até você resolver torcer para um time: com o Tottenham não é diferente.