#TheLaneTheFinale: O último ato na história do lendário White Hart Lane

O dia 14 de maio de 2017 foi bastante especial para o torcedor do Tottenham Hotspur. A vitória sobre o Manchester United, por 2 a 1, em partida válida pela 37ª rodada do Campeonato Inglês da temporada 2016/17, não foi um triunfo qualquer. Com o resultado do cotejo, os Spurs garantiram o vice-campeonato da Premier League, um grande desfecho para uma temporada mágica dos comandados de Maurício Pochettino. Mas quem, a essa altura do campeonato, se importa com o segundo lugar do Inglesão? A peleja do último domingo tinha um significado muito maior. E tudo o que cercou este evento foi inesquecível, fazendo jus por tudo o que o momento merecia.

O Tottenham está de parabéns pela despedida digna que proporcionou a um local histórico, que proporcionou tantas alegrias ao torcedor lillywhite. White Hart Lane foi a casa dos Spurs durante 118 anos! Em pouco mais de um século, o icônico estádio abrigou milhões de torcedores que buscavam simplesmente acompanhar sua equipe de coração, sua paixão maior. O público da última partida acabou sendo menor do que poderia, afinal, com a modernização dos estádios ingleses e com uma obra de construção de uma nova moradia já em andamento, apenas pouco menos de 32 mil lugares puderam ser disponibilizados para o público em geral. E 31.848 sortudos tiveram a honra de ser testemunhas de um momento tão singelo na história do clube.

 

A História

#TheLaneTheFinale – De 1899 a 2017, White Hart Lane foi a casa do Tottenham

O White Hart Lane foi concebido em 1898, com sua construção durando pouco mais de um ano. Ainda naquele ano de 1899, no mês de Agosto, o Tottenham fez alguns eventos-testes e amistosos como preparativos para a abertura oficial do novo estádio. No mês seguinte, mais precisamente no dia 4 de Setembro de 1899, o Tottenham organizou sua primeira partida oficial no local. Neste dia, um conglomerado de cerca de 5 mil apaixonados pelo clube testemunhou uma vitória sobre o fortíssimo Notts County, à época da primeira divisão da Federação Inglesa, pelo placar de 4 a 1. Com uma nova casa, e um time que batia de frente com um dos principais clubes ingleses da época, o Tottenham começou ali sua guinada rumo à principal divisão da Inglaterra e a tornar-se um dos clubes mais tradicionais do país, como é hoje.

Em todo esse tempo de existência, inúmeras equipes e jogadores passaram pelo gramado de White Hart Lane, formando a gloriosa história do Tottenham Hotspur. Dentre tantas equipes históricas, destaca-se a da temporada 1960/1961, que conseguiu conquistar o Double naquela temporada: foi campeã do Campeonato Inglês e da Copa da Inglaterra daquela temporada. Após estas conquistas, esta icônica equipe posou para uma famosa foto junto a todos os membros do staff do clube, no gramado de White Hart Lane. O histórico registro dos anos 1960 foi repetido pela equipe do Tottenham desta temporada, para que, assim como a equipe de 1960/61, o elenco fique eternizado na história do clube.

O Tottenham elaborou, também, uma linha do tempo dos acontecimentos em torno do estádio no hotsite criado para a despedida de White Hart Lane: http://www.tottenhamhotspur.com/the-lane/timeline/. Vale a pena dar uma visitada e aprender um pouco mais sobre a gloriosa e vasta história dos Spurs, nestes mais de 135 anos de existência da equipe.

 

A Última Temporada

Campanha do Tottenham em White Hart Lane no Campeonato Inglês 2016/17

A temporada 2016/17 foi a última do Tottenham em White Hart Lane. E esta temporada não poderia ter sido mais perfeita: os comandado de Maurício Pochettino terminaram invictos no lendário estádio. No Campeonato Inglês, foram 19 partidas, 17 vitórias, e apenas dois empates. Na Copa da Liga Inglesa, apenas uma partida em casa, com triunfo da equipe lillywhite. Na Copa da Inglaterra, foram outras três partidas como mandante em WHL e mais três vitórias para a conta.

Ou seja, o desempenho do Tottenham em White Hart Lane foi sublime. Foram 23 partidas, 21 vitórias, 2 empates, nenhuma derrota, acumulando um aproveitamento de 94,2% dos pontos disputados na eterna casa dos Spurs. Nem o mais otimista torcedor da equipe poderia imaginar um desempenho tão sublime na despedida de sua icônica casa.

 

A Partida


A partida foi um coadjuvante da festa que tomou conta do estádio durante todo este dia. A vitória sobre o Manchester United por 2 a 1 já foi muito bem descrita pelo amigo Emerson Araujo em seu texto pós-jogo. Apenas a festa da torcida durante todos os 90 minutos não pode ser ignorado neste texto. E melhor que descrevê-la, achei melhor adicionar alguns registros dela, como pode ser visto acima.

Vale ressaltar também que o Tottenham usou um uniforme bastante especial nessa partida. Com permissão da organização da Premier League, o Tottenham adicionou inscrições especiais em sua camisa de jogo, fazendo alusões à partida especial na qual o uniforme era utilizado. Na frente há o brasão do #TheLaneTheFinale abaixo do patrocinador. O mesmo brasão também aparece nas costas da camisa, próximo à gola. À frente, acima da marca do patrocinador e entre o símbolo do fornecedor de material esportivo e o escudo do clube, vêm as informações da partida: “Tottenham Hotspur vs Manchester United, 14 MAY 2017”.

Veja a camisa comemorativa abaixo.

 

A Invasão


Não há melhor descrição para a invasão de campo ocorrida após o final da partida, do que as imagens e vídeos colocados acima. Foi algo espontâneo, surpreendente e simplesmente emocionante. Uma reação genuína a um momento tão histórico, que não deve ser atrapalhada com muitas palavras.

 

A Cerimônia


Após o término da partida, e a dispersão dos invasores do gramado, o Tottenham realizou uma marcante cerimônia para a despedida de sua histórica casa. Tal evento contou com inúmeros jogadores do atual elenco, ídolos e lendas do clube, torcedores ilustres, além de uma estrutura muito boa, com um telão gigantesco no gramado, apresentando vídeos produzidos para o momento, além de apresentações musicais e tudo mais que a cerimônia tinha direito. A cerimônia está na íntegra no canal oficial do Tottenham no YouTube, no vídeo acima localizado, assim como no site oficial do clube, em: http://www.tottenhamhotspur.com/news/the-lane-the-finale-farewell-ceremony-may-14-140517/.

 

Os ídolos

Muitos ídolos do Tottenham foram convidados e estiveram presentes na festa de despedida de White Hart Lane. Além, é claro, dos jogadores do elenco atual, foram vistos no estádio durante a partida e a cerimônia de despedida, inúmeros nomes que formaram a história mais recente deste estádio. Peter Crouch, Robbie Keane, Harry Redknapp, Teddy Sheringham e Ledley King, como pode ser visto nas imagens acima, estavam presentes na festa. Além deles, lembro de ter avistado Glenn Hoddle, Jermain Defoe, David Ginola, Dimitar Berbatov, Ricky Villa, Ossie Ardiles, Gary Lineker, entre outros nomes que fizeram a história deste clube.

Além dos que se fizeram presentes nesta cerimônia, alguns outros grandes jogadores da história do clube, que não puderam comparecer ao evento, à convite do clube, deixaram suas respectivas mensagens de despedida ao estádio, contando sobre suas experiências no estádio e descrevendo toda a falta que White Hart Lane poderá fazer em suas vidas. Este compilado de mensagens, pode ser lido em um texto (em inglês), divulgado no site oficial do clube, sob o seguinte link: http://www.tottenhamhotspur.com/news/the-lane-the-finale-messages-from-absent-friends-140517/.

Presidente de operações do Tottenham há quase duas décadas, Daniel Levy, foi outro que também deixou uma mensagem ao estádio e aos torcedores do clube, em um texto que pode ser lido (em inglês), no seguinte link: http://www.tottenhamhotspur.com/news/chairmanand39s-message-140517/.

Por fim, um dos maiores ídolos da história do Tottenham, que não pode comparecer fisicamente, por ter falecido há pouco mais de dois anos, esteve presente em espírito, junto a todos os personagens desta cerimônia tão especial: Dave Mackay, um dos principais jogadores do Tottenham na conquista do Double da temporada 1960/61, e um dos mais icônicos jogadores da história do clube, por sua raça e paixão pelo clube. As gravatas utilizadas por todos os convidados da cerimônia (e como podem ser vistas nas imagens acima) foram produzidas a partir de um modelo desenhado por Dave Mackay. Uma grande homenagem a um grande nome da história do clube.

 

O futuro

O futuro do clube já começou nesta segunda-feira. Menos de 24 horas após a cerimônia de despedida de White Hart Lane, o maquinário responsável por demolir o estádio já foi visto trabalhando a todo o vapor. Tudo isso para que, o futurístico e moderno novo estádio do Tottenham, ainda sem nome oficial, possa ser entregue no prazo, e a equipe possa estreá-lo na temporada 2018/19. Enquanto isso, o Tottenham mandará todas suas partidas da próxima temporada no estádio de Wembley. Que a sorte e o bom desempenho de White Hart Lane consigam transportar -se provisoriamente ao estádio público de Londres, mas que nunca abandone o terreno onde um novo estádio será erguido.

Um adeus ao histórico White Hart Lane, um até breve para o terreno da casa do Tottenham há mais de um século, e uma saudação de boas-vindas a Wembley, a provisória casa dos Spurs na próxima temporada.

#TheLaneTheFinale

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

Fábio Malet

Gaúcho de Porto Alegre, bacharel em Ciência da Computação e analista de sistemas. Apaixonado por esportes, tem o jornalismo como um hobby, e, pretende, futuramente, fazer pós-graduação na área. Acompanha o Tottenham desde o começo da temporada 2002-03, por causa de Robbie Keane, do qual tornou-se fã pelo seu desempenho na Copa do Mundo 2002. No Brasil, torce para o Grêmio desde suas primeiras palavras.

Latest posts by Fábio Malet (see all)