Reações pós-jogo: A goleada diante do Stoke City

Neste domingo (26), o Tottenham goleou o Stoke City por 4 a 0 em White Hart Lane. Com muita intensidade desde o início, a equipe decidiu a partida ainda no primeiro tempo. Em entrevista ao site oficial do clube: Dele Alli, Eric Dier, Harry Kane e Kevin Wimmer se pronunciaram sobre o ocorrido.

Dele Alli

Sobre o desempenho da equipe no primeiro tempo, Dele disse: “Temos sido dominantes ao longo de toda a temporada em White Hart Lane e devíamos isso aos torcedores, especialmente pelo que aconteceu na quinta-feira. Foi uma ótima performance de todos os jogadores, especialmente Harry, que conseguiu outro hat-trick. Ele é um ótimo atacante e quando você tem um atacante como ele para marcar gols, as coisas ficam mais fáceis”.

Alli ainda falou sobre a maneira como a equipe conseguiu abrir a defesa do Stoke: “Lá de trás até na frente nós jogamos muito bem e fomos cirúrgicos, o que é importante. Aproveitamos nossas chances e poderiam ter sido mais gols. Merecemos a vitória e foi uma ótima resposta em campo”.

Eric Dier

Eric se pronunciou sobre como a equipe controlou o jogo: “Todo adversário é diferente e essa foi a maneira como o jogo foi caminhando. Acho que administramos tudo muito bem. O único desapontamento foi quando não conseguimos marcar mais gols na segunda etapa. Voltamos do intervalo com o objetivo de ganhar, também, no segundo tempo, pensando que começou 0 a 0 de novo, mas não conseguimos fazer mais gols e foi decepcionante. Fora isso, todos estão felizes”.

Dier também pôde falar sobre a eliminação na Liga Europa: “Foi ótimo poder se recuperar de uma decepção na quinta-feira, então todos estão felizes com isso. É esse o caminho que temos que seguir, temos que continuar tentando. É muito importante manter o desempenho como mandante dessa forma”.

Harry Kane

Harry pôde falar da maneira como a equipe se portou pós-eliminação da Liga Europa: “Foi um jogo difícil na quinta-feira e foi muito desgastante ter de jogar com 10 homens. Trabalhamos muito duro para tentar a classificação, então vários jogadores estavam cansados. Foi importante que tivemos dois dias de recuperação até o jogo de domingo. Os jogadores foram ótimos, estávamos voando de novo e isso mostra o quanto a equipe está em forma, considerando que foi a mesma equipe que iniciou o jogo no meio de semana. Isso mostra que estamos bem e espero que continuemos nessa forma até o fim da temporada”.

Kane falou um pouco da preparação da equipe para o jogo: “Sexta-feira não foi um dia bom após um jogo como aquele. Fizemos alguns exercícios nas bicicletas e na academia também, corremos um pouco e depois fomos para o banho de gelo, para auxiliar na recuperação. Isso foi na sexta e no sábado foi similar. Mais algumas corridas, um pouco de trabalho com a bola, tudo para tentar poupar nossas pernas para hoje. Óbvio que funcionou!”

Finalizando, o atacante comentou sobre o hat-trick alcançado: “No primeiro gol, a bola sobrou para mim e tentei ser rápido no chute e a bola entrou. O segundo gol foi um dos melhores de minha carreira: acertei com o pé esquerdo. Como um bom atacante, também é importante ter um pouco de sorte e, assim, saiu o terceiro gol. Ainda pude ajudar no quarto. É bom ver o Dele marcando de novo”.

Kevin Wimmer

Diferente do que aconteceu com os outros entrevistados, Kevin teve de responder uma pergunta além do jogo – o fato de enfrentar seu compatriota Arnautovic: “Nós nos falamos antes da partida e dissemos que seria legal jogar um contra o outro. Como um zagueiro, quando você está no banco, sempre precisa estar pronto, mas nunca espera que realmente vá entrar, especialmente quando já está 4 a 0 antes do intervalo. Infelizmente, Toby se machucou. Claro que eu espero que não seja grave, mas assim eu pude entrar”.

Sobre a inesperada substituição no lugar de Alderweireld, Wimmer comentou: “Foi um pouco surpreendente para mim, porque foi um pouco depois do início da segunda etapa, mas tentei me manter calmo e ajudar a equipe. O mais importante é que não concedemos gols”.

Por último, o zagueiro falou sobre a importância de se conseguir mais minutos de jogo: “Foi muito bom poder jogar quase um tempo inteiro. É sempre bom poder jogar, especialmente em White Hart Lane, nossa casa, na frente dos torcedores e eu aproveitei cada minuto. Foi ótimo que conseguimos vencer o jogo, jogamos muito bem e, pessoalmente, fiquei muito feliz”.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

Lucas Colenghi

Mineiro de Uberaba, no Triângulo Mineiro, graduando em Licenciatura em Letras com Habilitação em Português e Inglês. Tenho 21 anos e as duas coisas que eu mais odeio no mundo são: 1- acordar cedo; 2- escanteio curto. Gostar de futebol é legal até você resolver torcer para um time: com o Tottenham não é diferente.