FA Cup – Fulham 0x3 Tottenham

O Tottenham foi até o Craven Cottage, encarar o rival londrino Fulham, pelas oitavas de final da Copa da Inglaterra, e conquistou uma boa vitória por 3 a 0, que nos classifica para as quartas de final da DA Cup. O principal nome da partida foi Harry Kane, que marcou os três gols da partida, mas talvez o jogador mais brilhante em campo tenha sido Christian Eriksen, autor das assistências para os dois primeiros tentos. Mesmo poupando alguns jogadores, a boa vitória traz ânimo aos Spurs para a sequência da temporada.

O Fulham, atualmente jogando a segunda divisão inglesa, foi a campo com Bettinelli; Odoi, Kalas, Ream, Malone; McDonald, Cairney, Johansen; Aluko, Kebano, Ayité. Já o Tottenham, vindo de derrotas na Premier League e na Liga Europa, foi alinhado por Maurício Pochettino com Vorm; Trippier, Alderweireld, Vertonghen, Davies; Wanyama, Winks, Eriksen, Alli, Son; Kane. Vale ressaltar o retorno do zagueiro Vertonghen, recuperado de lesão no ligamento.

Mesmo jogando em casa, o Fulham não tentou dominar a posse de bola e deixou o Tottenham jogar, buscando estar atento aos contra-ataques. Mas a estratégia era pouco efetiva, visto que os Spurs tocavam bem a bola e davam poucos espaços. No entanto, o jogo não apresentava chances claras, de lado a lado. Os visitantes foram melhorando na partida e conseguiam arrematar com algum perigo. Assim, saiu o primeiro gol aos 16′, quando Trippier foi rápido para a reposição lateral e acionou Eriksen na direita. O dinamarquês enxergou bem e cruzou rasante na área para Harry Kane completar de pé esquerdo, no contrapé de Bettinelli: 1 a 0.

Os Spurs eram senhores do jogo e tiveram oportunidades de ampliar o marcador, mas esbarravam na má pontaria. Os três atacantes africanos do Fulham não conseguiram impingir sua velocidade na partida durante os 45 minutos iniciais. Mas durante os 2 minutos de acréscimos, criaram boas ocasiões. Na melhor delas, Kebano cruzou e Ayité não alcançou por uma fração de segundo. Aluko pegou o rebote e bateu firme, mas Vorm fez boa defesa.

A etapa complementar voltou a apresentar um Tottenham tranquilo, consciente da necessidade de vitória. E logo aos 51′ conseguiu dobrar a vantagem, repetindo a dobradinha: Eriksen faz cruzamento perfeito e Kane completa de primeira, fazendo o 2 a 0. A partir daí o Fulham se tornou mais agressivo e os Spurs tiveram oportunidades no contragolpe. Aos 58′, Eriksen deu bola perfeita para Dele Alli, mas o arremate saiu de canela, por cima do gol.

O terceiro gol foi novamente por intermédio de Harry Kane. O camisa 10 recebeu de Dele Alli após boa trama e finalizou entre o goleiro e a trave, sacramentando seu hat-trick aos 73′. A partir daí, Pochettino poupou jogadores, colocando Sissoko, Dembélé (que foi aplaudido pela torcida do seu ex-clube) e Onomah nas vagas de Kane, Winks e Alli. Ainda houve tempo para o Fulham botar a campo nosso ex-atleta Scott Parker, que cabeceou uma bola para grande defesa de Vorm, e para o Tottenham chegar bem três oportunidades com Sissoko, Wanyama e Son. Mas o placar ficou mesmo no 3 a 0.

Os Spurs voltam a campo na próxima quinta-feira, para encarar os belgas do Gent, no jogo de volta da Europa League. Após perder na ida por 1 a 0, os Spurs precisam da vitória por 2 gols de diferença para se classificar às oitavas de final do torneio.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

Emerson Araujo

Jornalista, aficionado por futebol, torcedor do Cruzeiro (de nascença) e do Tottenham (desde 2005). Orgulhosamente, um dos fundadores da Tottenham Brasil e colaborador do Guerreiro dos Gramados, site voltado a cruzeirenses. Odeia Guardiolismos e acredita que atacante tem que fazer gol. Acredita que todo dia é um 7 a 1 diferente e não há nada de mau nisso. Exímio treinador no Football Manager.

Latest posts by Emerson Araujo (see all)