EPL – Tottenham 3×0 Hull City

O Tottenham recebeu o Hull City nesta noite de quarta-feira (14) e garantiu uma bela vitória por 3 a 0. O nome do triunfo foi Christian Eriksen, autor dos dois primeiros gols dos Spurs na partida e que cobrou a falta que rendeu o terceiro tento, anotado por Wanyama. Com o resultado o Tottenham se manteve na quinta posição na tabela, com 30 pontos e 10 atrás do líder Chelsea. Mas não permite a aproximação do Manchester United e consegue colar mais nos integrantes do G4.

Contando com os desfalques de Dembele, Janssen e Lamela, Maurício Pochettino optou por mandar a campo uma equipe mudada, com uma linha de três zagueiros, maior liberdade para os alas e muito volume no meio-campo. Assim sendo, alinhou seus comandados com Lloris; Dier, Alderweireld, Vertonghen; Walker, Wanyama, Rose, Sissoko, Alli, Eriksen; Kane. Já Mike Phelan contava com diversas ausências, como dos atacantes Abel Hernandez e Mbokani, mandando a campo os Tigers com Marshall; Maguire, Dawson, Davies; Elmohamady, Livermore, Huddlestone, Clucas, Robertson; Snodgrass; Diomandé.

Desde os primeiros movimentos, Tottenham controlando a posse de bola e dominando as ações, como de praxe. E a estratégia de Pochettino de soltar os laterais funcionou bem logo aos 14′, quando Rose recebeu em profundidade, foi até a linha de fundo e rolou para trás para Eriksen. O dinamarquês não desperdiçou o presente, enchendo o pé canhoto e acertando a gaveta de Marshall, 1 a 0. A equipe seguiu criando ocasiões e dando algum trabalho para o arqueiro adversário, mas também permitia eventuais contra-ataques.

Na volta do intervalo, o Hull tentou ir para cima e buscar o empate. Até consegue alguns escanteios, mas nada produtivo. Aos 60′, a arbitragem quase azeda o caldo. Eriksen sofreu falta clara na entrada da área do Hull, mas Andre Marriner não quis marcar. Na sequência do lance, contragolpe bem puxado por Diomandé que serviu a Livermore. O nosso antigo volante quase protagonizou mais um episódio da lei do ex, mas Lloris fez defesa fabulosa com o pé esquerdo, mandando à corner. Dois minutos depois, veio o gol da tranquilidade. Walker recebeu de Sissoko, botou a quinta marcha, deixou a defesa adversária para trás e cruzou rasteiro para Eriksen entrar apenas completar e entrar no gol com bola e tudo.

O Hull tentou se expor mais, mas não conseguia se organizar em campo. E aos 73′, veio o terceiro gol. Falta na entrada da área, Eriksen bate no ângulo e o goleiro Marshall faz grande defesa. No entanto, a bola belisca a trave e volta para o campo de jogo, onde Wanyama foi mais esperto que a zaga adversária e pôde estufar as redes, dando números finais ao encontro. A tônica da partida não mudou até o fim e os Spurs puderam comemorar a importante vitória. A equipe volta a campo no próximo domingo (18), as 14h, para encarar o Burnley, em White Hart Lane.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

Emerson Araujo

Jornalista, aficionado por futebol, torcedor do Cruzeiro (de nascença) e do Tottenham (desde 2005). Orgulhosamente, um dos fundadores da Tottenham Brasil e colaborador do Guerreiro dos Gramados, site voltado a cruzeirenses. Odeia Guardiolismos e acredita que atacante tem que fazer gol. Acredita que todo dia é um 7 a 1 diferente e não há nada de mau nisso. Exímio treinador no Football Manager.

Latest posts by Emerson Araujo (see all)