UCL – CSKA Moscou 0x1 Tottenham

O Tottenham viajou à Rússia nesta tarde de terça-feira (27) para vencer o CSKA Moscou pelo placar mínimo. O sul-coreano Heung-Min Son marcou o único gol da partida, que representa uma recuperação obrigatória para os Spurs, após a derrota para o Monaco na estreia. Com o resultado, o Tottenham ocupa agora a vice-liderança do seu grupo, com 3 pontos conquistados, atrás do Monaco, que empatou e foi a 4. Nossa próxima partida na maior competição de clubes do mundo será no dia 18 de outubro, contra o Bayer Leverkusen, em território alemão.

O CSKA vinha com o desfalque do seu principal jogador, o meia-atacante Alan Dzagoev. O comandante Leonid Slutsky mandou a campo Akinfeev; Mario Fernandes, Berezutskyi, Ignashevich, Schennikov; Wernbloom, Golovin, Milanov, Eremenko, Tosic; Traoré. Já Maurício Pochettino contava com vários desfalques importantes. A se destacar a ausência de 4 titulares absolutos (Rose, Dembele, Dier e Kane), além do recém-contratado Sissoko. A equipe foi alinhada com Lloris; Trippier, Alderweireld, Vertonghen, Davies; Wanyama, Alli, Eriksen, Lamela, Son; Janssen.

Os russos iniciaram a partida animados para o jogo após conquistar um empate heroico fora de casa na primeira rodada. No entanto, tinham dificuldade em manter a posse de bola, visto que o Tottenham notoriamente buscou controlar o jogo. As melhores ocasiões de gol eram dos visitantes, mas nada que desse grande trabalho para Akinfeev. Janssen e Alli pecaram no domínio e não conseguiram arrematar. Alli foi o primeiro a tirar um ‘uh’ da torcida quando aparou o rebote após corte de Wernbloom e disparou no travessão. Pelo CSKA, um bom chute de Eremenko para boa defesa de Lloris foi o destaque na primeira etapa.

O segundo tempo manteve o mesmo estilo, mas o Tottenham não criava tanto. A ausência de boas peças de reposição chamava a atenção e o meia Nkoudou foi escolhido para entrar na vaga de um pouco eficaz Janssen. Son quase marcou em finalização de canhota que passou rente à trave direita de Akinfeev. Os russos também chegaram, quando Lacina Traoré cruzou rasteiro para Tosic finalizar por cima. E o gol só saiu aos 71′, quando Lamela enfiou a bola entre a zaga para Son, que na mesma linha, finalizou de pé direito à meia altura. A bola tocou o braço e a perna do goleiro russo, mas entrou chorando para nos dar a primeira vitória no torneio.

O Tottenham descansa e tenta recuperar seus jogadores para o confronto do próximo domingo, contra o Manchester City, pela Premier League. O embate contra os comandados de Guardiola representa um confronto entre os líderes do campeonato e a possibilidade de aproximação dos Citizens, até o momento invictos e com 100% de aproveitamento na temporada.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

Emerson Araujo

Jornalista, aficionado por futebol, torcedor do Cruzeiro (de nascença) e do Tottenham (desde 2005). Orgulhosamente, um dos fundadores da Tottenham Brasil e colaborador do Guerreiro dos Gramados, site voltado a cruzeirenses. Odeia Guardiolismos e acredita que atacante tem que fazer gol. Acredita que todo dia é um 7 a 1 diferente e não há nada de mau nisso. Exímio treinador no Football Manager.

Latest posts by Emerson Araujo (see all)