EPL – Tottenham 1×2 Southampton

O Tottenham recebeu o Southampton neste domingo (08) para se despedir da torcida na atual temporada e tentar garantir a classificação para a próxima Liga dos Campeões com o segundo lugar na tabela. Em um atuação ridícula, preguiçosa e pouco inspirada, a equipe até saiu na frente, com gol do sul-coreano Son, mas sofreu a virada com dois gols de Steven Davis, um em cada tempo. Com a derrota e o empate entre Manchester City e Arsenal, o Tottenham está garantido no top3 da temporada, mas precisa de ao menos um ponto na última rodada contra um possivelmente já rebaixado Newcastle (caso o Sunderland vença seu jogo atrasado, no meio de semana, os Magpies já entram relegados à Championship).

Maurício Pochettino contava com alguns desfalques por suspensão na equipe, pelos destemperos nas últimas rodadas. Dele Alli e Moussa Dembélé não jogam mais na temporada, e o belga perderá também o início da próxima. O treinador argentino mandou a campo Lloris; Walker, Alderweireld, Vertonghen, Rose; Dier, Mason, Eriksen, Lamela, Son; Kane. Por sua vez, o Southampton vem em grande momento e ainda sonha com a vaga na próxima Europa League. Ronald Koeman alinhou seu time com Forster; Martina, Fonte, Van Dijk, Bertrand; Clasie, Wanyama, Davis, Tadic, Mané; Long.

Os Spurs começaram bem o jogo, pressionando e tentando fazer valer o fator casa. Entretanto, o ímpeto foi se esfriando e o time dava espaços nos contragolpes. Mason, substituto de Dembélé, errava passes em demasia e prejudicava muito o sistema defensivo, permitindo chegadas rápidas pelos visitantes, que usavam principalmente a dupla Tadic e Mané. Quem marcou primeiro foi o Tottenham, aos 16 minutos. Boa trama entre Lamela e Son, que o sul-coreano recebeu na ponta, passou pelo goleiro Forster quase na linha de fundo e trouxe a bola para o meio. Iludiu Van Dijk e Fonte antes de apenas rolar para o gol vazio, anotando um belo gol.

Por 'increça que parível', Son até jogou bem. Mas foi pouco (Foto: Reprodução/Skysports)
Por ‘increça que parível’, Son até jogou bem. Mas seu gol foi pouco (Foto: Reprodução/Skysports)

A vantagem não fez bem ao Tottenham que parecia ainda mais desligado. Ainda no primeiro tempo, o empate saiu, aos 31′. Tadic recebeu boa bola na ponta direita e só rolou para a chegada de Steven Davis. O camisa 8 não bateu forte, mas a queima-roupa, e Lloris tocou na bola sem conseguir fazer a defesa. Ainda na primeira etapa, Harry Kane teve grande oportunidade, quando ganhou a bola de Fonte na ponta e invadiu livre, finalizando mal, em cima do bom goleiro Forster. No rebote, Eriksen concluiu para nova intervenção do goleiro. O artilheiro do campeonato foi criticado por não tocar a bola, mas ninguém apareceu em boas condições para o passe. Entretanto, era pra finalizar com mais capricho.

O Tottenham voltou para o segundo tempo tentando impor pressão, mas sem sucesso. A tônica da partida seguia a mesma, com a posse de bola para os Spurs e arrancadas de contra-ataque para os visitantes. Aos 72′, vem o gol da virada. Davis tabela com Tadic e chuta fraquinho, no canto esquerdo, e Lloris novamente não defende. Atuação decepcionante do nosso goleiro e capitão. A partir daí, os Spurs foram para o abafa, mas estiveram mais perto de sofrer o terceiro gol do que conseguir o empate. No último lance da partida, após cruzamento na área, a bola sobra para Chadli, de frente para o goleiro, mas o belga finaliza no joelho de Forster, sacramentando a derrota. O próximo jogo dos Spurs será no próximo domingo (15), contra o Newcastle, em St James Park.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

Emerson Araujo

Jornalista, aficionado por futebol, torcedor do Cruzeiro (de nascença) e do Tottenham (desde 2005). Orgulhosamente, um dos fundadores da Tottenham Brasil e colaborador do Guerreiro dos Gramados, site voltado a cruzeirenses. Odeia Guardiolismos e acredita que atacante tem que fazer gol. Acredita que todo dia é um 7 a 1 diferente e não há nada de mau nisso. Exímio treinador no Football Manager.

Latest posts by Emerson Araujo (see all)