FA Cup – Tottenham 0x1 Crystal Palace

O Tottenham recebeu o Crystal Palace nesta tarde de domingo (21) e acabou derrotado por 1 a 0, decepcionando os torcedores que compareceram a White Hart Lane. Mesmo criando várias oportunidades, faltou competência aos Spurs na definição das jogadas e um vacilo defensivo permitiu a Martin Kelly anotar o único gol do jogo. Fora da Copa da Inglaterra, o clube segue agora na luta pelos títulos da Premier League em que é vice-líder, 2 pontos abaixo do Leicester, e da Europa League, disputando o jogo de volta contra a Fiorentina na próxima quinta-feira.

Maurício Pochettino manteve sua estratégia de rodar o elenco nas taças, privilegiando o time titular para os jogos da Premier League. Sendo assim, mandou a campo Vorm; Walker, Dier, Wimmer, Rose; Bentaleb, Dembélé, Alli, Onomah, Son; Kane. Por sua vez, Alan Pardew também poupou alguns jogadores e alinhou seu Crystal Palace com Hennessey; Kelly, Dann, Delaney, Ward; Ledley, Cabaye, Mutch, Zaha; Wickham, Adebayor. Este último, inclusive, foi um episódio a parte no jogo de hoje. Dispensado dos Spurs no início da temporada, após passar quatro anos marcados por altos e baixos em White Hart Lane, o togolês teve atuação discreta e foi vaiado sempre que tocava na bola.

Cabaye levou a melhor no duelo com Alli (Foto: BPI / Michael Zemanek)
Cabaye levou a melhor no duelo com Alli (Foto: BPI / Michael Zemanek)

O jogo foi bem movimentado, com oportunidades claras por parte do Tottenham e raras, mas perigosas, estocadas dos visitantes. O lance mais impressionante foi de Dele Alli, que finalizou rasteiro, a bola bateu nas duas traves e não entrou. Danny Rose conseguia criar perigo nos avanços pela esquerda, mas faltava mais precisão no último passe. Aos 46 do primeiro tempo, o gol do jogo, para castigar quem mais tentava marcar. Zaha fez bela jogada e abriu para o lateral Kelly, na ponta direita da área. O defensor encheu o pé, entre Vorm e a trave, para abrir o marcador.

Pochettino lançou Eriksen na vaga de Dembélé já no intervalo e a pressão do Tottenham foi intensa nos primeiros minutos. Entretanto, as chances não eram convertidas e o ímpeto ofensivo foi murchando. A falta de opções de maior qualidade no banco também foi um problema, visto que Onomah e Bentaleb realizaram partida ruim, mas não haviam muitas alternativas na suplência. O resultado ficou realmente nisso, tendo o Palace criado boas ocasiões no contragolpe e até marcado um segundo gol com Wickham, bem anulado pela arbitragem por impedimento. Na quinta-feira (25), o Tottenham recebe a Fiorentina pela fase de 16 avos de final da Europa League.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

Emerson Araujo

Jornalista, aficionado por futebol, torcedor do Cruzeiro (de nascença) e do Tottenham (desde 2005). Orgulhosamente, um dos fundadores da Tottenham Brasil e colaborador do Guerreiro dos Gramados, site voltado a cruzeirenses. Odeia Guardiolismos e acredita que atacante tem que fazer gol. Acredita que todo dia é um 7 a 1 diferente e não há nada de mau nisso. Exímio treinador no Football Manager.

Latest posts by Emerson Araujo (see all)