EPL – Manchester City 1×2 Tottenham

O Tottenham foi até o Etihad Stadium nesta tarde de domingo (14) encarar o Manchester City e conquistar uma excepcional vitória por 2 a 1. Harry Kane e Christian Eriksen marcaram os gols dos Spurs, enquanto Iheanacho descontou para o time da casa, que perde contato com os primeiros colocados na tabela, estacionando nos 47 pontos. O Tottenham, que manteve a segunda posição,  foi a 51 pontos, apenas dois a menos que o líder Leicester, que perdeu na rodada para o Arsenal, atualmente terceiro na tabela.

Manuel Pellegrini armou seu Manchester City com uma série de desfalques para o jogo, como Nasri, Bony e De Bruyne. Mas contou com os retornos de última hora de David Silva e do capitão Vicent Kompany. Sendo assim, os Citizens foram a campo com Hart; Zabaleta, Kompany, Otamendi, Clichy; Fernando, Fernandinho, Yaya Touré, Silva, Sterling; Aguero. Já Maurício Pochettino não tinha nenhum problema novo, com os mesmos atletas disponíveis e as ausências de Njié e Vertonghen. O Tottenham foi a campo com Lloris; Walker, Alderweireld, Wimmer, Rose; Dier, Dembélé, Alli, Eriksen, Son; Kane.

Este homem maravilhoso (Foto: Reprodução / Mirror)
Quer dizer que eu não sei mexer no time, né? (Foto: Reprodução / Mirror)

Mesmo jogando fora de casa, os Spurs assumiram o controle da partida, buscando ter a posse de bola e assim criar oportunidades. A posse, o time de Pochettino conseguiu, mas ocasiões de gol eram raras. No primeiro tempo, a melhor alternativa foi do City, quando a bola pingou na área e sobrou para Aguero, que bateu por cima. Danny Rose era a opção mais rentável do Tottenham no jogo, que abusava de sua disposição para dar trabalho a Zabaleta pelo lado. Mas o melhor estava resguardado para a segunda etapa.

O Manchester City foi pra cima e começou a pressionar efetivamente, tentando marcar de qualquer jeito. Até que Rose buscou o cruzamento, a bola tocou no braço de Sterling e foi assinalado o pênalti, aos 53′. Apesar de muito contestada pelos Citizens, a cobrança de Kane foi precisa, firme e no meio do gol, abrindo o marcador. A pressão do City foi se intensificando e a defesa do Tottenham fazia grande exibição. Mas aos 74′, veio o empate. Clichy recebeu boa bola pela esquerda e cruzou rasteiro para a meia-lua. Dembélé não acompanhou e Iheanacho entrou livre para encher o pé esquerdo na gaveta de Lloris, sem chances de defesa.

Foto: Reprodução / Mirror
Os goleadores do dia, os homens do jogo (Foto: Reprodução / Mirror)

Buscando a virada, o City continuou sua tentativa de pressão, mas a defesa dos Spurs não se deixou abater pelo gol sofrido. Aos 81′, Pochettino fez a mexida que ganhou o jogo, lançando Lamela na vaga de Dele Alli. Em seu primeiro lance, o argentino ganhou a bola no meio, avançou pela intermediária e deu assistência magistral para a entrada de Christian Eriksen, por trás da defesa. O dinamarquês esperou a saída de Hart e apenas rolou para as redes, aos 83′ de jogo. A partir daí, o City foi com tudo a frente e quase conseguiu empatar o jogo aos 94, quando Aguero cruzou e Lloris tirou a bola da cabeça de Otamendi, quase em cima da linha. O choque entre os atletas e a canelada de David Silva para fora foram os últimos atos de um grande jogo de futebol. Os Spurs voltam a campo na quinta-feira (18), para encarar a Fiorentina, pela Europa League.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

Emerson Araujo

Jornalista, aficionado por futebol, torcedor do Cruzeiro (de nascença) e do Tottenham (desde 2005). Orgulhosamente, um dos fundadores da Tottenham Brasil e colaborador do Guerreiro dos Gramados, site voltado a cruzeirenses. Odeia Guardiolismos e acredita que atacante tem que fazer gol. Acredita que todo dia é um 7 a 1 diferente e não há nada de mau nisso. Exímio treinador no Football Manager.

Latest posts by Emerson Araujo (see all)