EPL – Tottenham 0x1 Leicester

Muita coisa na vida passa, mas a capacidade do Tottenham de se sabotar e passar vergonha permanece a mesma. Nesta tarde-noite de quarta-feira (13), a equipe recebeu o Leicester, em White Hart Lane, e foi derrotada por 1×0, gol de Robert Huth. Os demais resultados da rodada ajudaram, mas nossa incompetência nos afastou da liderança e colocou nossa quarta posição em xeque, apenas um ponto acima do West Ham, na quinta posição. O Leicester, chegou a 43, abriu 7 de vantagem para nós e divide a liderança com o Arsenal, sendo superado no saldo de gols.

O Tottenham colocou um time descansado em campo, após ter poupado boa parte dos titulares no confronto do fim de semana, contra o mesmo Leicester pela FA Cup. Pochettino mandou a campo Lloris; Walker, Alderweireld, Vertonghen, Davies; Dier, Carroll, Alli, Eriksen, Lamela; Kane. Claudio Ranieri usou estratégia semelhante, tendo inclusive a volta do artilheiro Jamie Vardy, recuperado de cirurgia. Assim sendo, o Leicester foi alinhado com Schmeichel; Simpson, Morgan, Huth, Fuchs; Drinkwater, Kanté, Mahrez, Albrighton; Vardy, Okazaki.

Como sempre, o Tottenham começou o jogo dominando a posse de bola e tentando pressionar, mas com pouca efetividade. A única coisa que o time conseguiu foi uma série de escanteios, não aproveitada. Os Foxes usavam de seu principal artifício, o contra-ataque. Durante todo o primeiro tempo, chances claras não foram vistas apesar do jogo ser bem interessante. Na etapa complementar, as ocasiões claras apareceram, com o Leicester chegando perto do gol em duas oportunidades e o Tottenham respondendo bem, com um chute de Lamela que raspou a trave e uma finalização de Kane que tocou em Schmeichel e beijou o travessão.

Foto
Huth sacramenta o vexame em casa (Foto: Reprodução / Reuters)

Mas no fim da partida, um lance digno dos saltimbancos trapalhões nos custou os 3 pontos. Cobrança de escanteio de Fuchs pelo lado esquerdo, Alderweireld empurra o volante Dier na área (?) e nenhum dos dois marca o zagueiro Robert Huth, que nem precisa subir para cabecear forte, no ângulo esquerdo de Lloris, sem chance para o goleiro ou para o lateral Davies, que tentou salvar. Com o tento sofrido já aos 83′, poucos minutos restavam para uma reação e a tentativa de abafa foi absolutamente falha, com Alderweireld mandando uma tentativa de cruzamento fora do estádio, já nos acréscimos.

Derrotas em momentos decisivos não são exatamente uma novidade para os Spurs. Mas o resultado de hoje mostra que nossa quarta posição na tabela parece mais um acidente, um prêmio que caiu no colo devido a inconstância de outros adversários do que qualquer outra coisa. Sem reforços de qualidade é impossível imaginar o clube mantendo a boa posição ao fim das 38 rodadas. No sábado (16), o Tottenham volta a campo pela Premier League, para receber o Sunderland.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

Emerson Araujo

Jornalista, aficionado por futebol, torcedor do Cruzeiro (de nascença) e do Tottenham (desde 2005). Orgulhosamente, um dos fundadores da Tottenham Brasil e colaborador do Guerreiro dos Gramados, site voltado a cruzeirenses. Odeia Guardiolismos e acredita que atacante tem que fazer gol. Acredita que todo dia é um 7 a 1 diferente e não há nada de mau nisso. Exímio treinador no Football Manager.

Latest posts by Emerson Araujo (see all)

  • wagner

    Tínhamos um craque e não tínhamos um time. Afora temos um time e não temos um craque.

  • Fábio

    Nosso time não está mal nessa temporada. Ontem a bola não entrou, infelizmente. Faltou eficiência e como diz o saudoso Muricy: a bola pune!
    Precisamos sim de um bom meia armador para dividir a responsabilidade de criação das jogadas com o Eriksen e de um atacante rápido e eficiente pra ajudar nosso Hurricane. Só assim conseguiremos alçar voos mais altos na premier league e também na liga europa.
    Enquanto isso, vamos vencer o Sundeland e os Foxes que nos aguardem. Nossa classificação dentro da casa deles na semana que vem será saborosa!
    COYS!

  • Alan

    Acho o trabalho do Pochetino muito bom, mas ele continua não sabendo mexer no time. No jogo contra o Leicester o Alli era disparado o jogador mais apagado, mas ao invés dele sair o Poch me tira o Ericksen do time, Ericksen que estava buscando jogo e tendo uma partida razoável.