O renascimento de Christian Eriksen

“Ele é um jogador que eu gosto muito de ver em ação, é aquele típico dinamarquês habilidoso que pode atingir os níveis de Brian e Michael Laudrup daqui uns anos”. As palavras de Johan Cruyff não poderiam definir melhor Christian Eriksen, o habilidoso meia chegou há três temporadas vindo do Ajax por £9.45 milhões e tem uma importância fundamental no clube, às vezes nem tão reconhecida como merece. Vamos a sua história no Tottenham.

Christian Eriksen teve uma atuação de gala na partida contra o Swansea City neste domingo. - Foto: Twitter/SpursOfficial
Christian Eriksen teve uma atuação de gala na partida contra o Swansea City neste domingo. – Foto: Twitter/SpursOfficial

Logo que chegou o jogador foi pouco utilizado sobre o comando de André Villas-Boas, entrando apenas em ocasiões de segundo tempo ou competições menos importantes. Quando o português foi sacado do cargo e Sherwood assumiu foi a chance que o camisa 23 precisava para mostrar serviço; em 34 jogos (somando Barclays e Europa League) o jogador foi às redes 10 vezes e distribuiu 10 assistências, com um rendimento tão bom ganhou o prêmio de melhor jogador do ano no Tottenham, conquistando o carisma dos fãs.

Em 2014-15 o jogador começou a temporada muito mal e foi questionado por sua presença em campo, hibernava em grande parte dos jogos e só “acordava” no fim com uma bola parada ou um gol milagroso. Por falar em bola parada, vai uma curiosidade, desde que estreou contra o Arsenal (em uma derrota no Emirates por 1-0, gol de Giroud) nenhum jogador fez mais gol de falta do que o Dane Boy como vemos na imagem a seguir:

Nenhum jogador marcou mais gols de falta que Christian Eriksen desde que o dinamarquês chegou à Terra da Rainha - Foto: Sky Sports.
Nenhum jogador marcou mais gols de falta que Christian Eriksen desde que o dinamarquês chegou à Terra da Rainha – Foto: Sky Sports.

Passada a fase de críticas, o jogador está jogando o fino da bola neste começo de temporada 2015-16, fazendo o papel de meia moderno muito bem (se movimenta entre as três faixas de campo atrás do atacante buscando a melhor oportunidade para o time, seja com um chute ou com uma assistência) e em cinco jogos na Barclays tem dois gols, ambos contra o Swansea no último fim de semana, e duas assistências (uma delas, contra o Crystal Palace foi seu primeiro toque na bola após retornar de lesão).

Christian Eriksen tem uma técnica peculiar nas cobranças de faltas. - Foto: The Standard UK
Christian Eriksen tem uma técnica peculiar nas cobranças de faltas. – Foto: The Standard UK

Será que após tanto tempo podemos ter um lampejo de talento, capaz de nos levar as vitórias e até a uma Champions League? Se depender das últimas atuações de Christian Eriksen, sim.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

joaobucchi

Paulista do interior, amante de todos esportes que envolvem bola, em especial o futebol, e eterno sofredor por torcer pro Tottenham.

Latest posts by joaobucchi (see all)