UEL – Mônaco 1×1 Tottenham

Nesta quinta-feira, no Principado de Mônaco, os pouco mais de 8 mil espectadores presentes no Stade Louis II viram um jogo movimentado terminar em 1 a 1 entre Mônaco e Tottenham. Enquanto Erik Lamela abriu o placar para os visitantes ainda na primeira etapa, coube ao “Faraó” Stephan El Shaarawy empatar a partida e não deixar que o Tottenham se distancia-se na liderança do grupo J da UEFA Europa League.

Leonardo Jardim alinhou a equipe da casa da seguinte forma: Subasic; Fabinho, Raggi, Carvalho (Dirar), Coentrão; Toulalan, Moutinho, Bernardo Silva; Lemar (El Shaarawy), Lacina Traoré (Carrillo), Adama Traoré. Já Mauricio Pochettino, ao contrário das prévias, mexeu pouco na equipe que havia vencido o Manchester City no fim de semana anterior, escalando: Lloris; Trippier, Alderweireld, Vertonghen, Rose; Dier, Alli, Chadli (Townsend), Eriksen (Carroll), Lamela (N’Jie); Kane.

O primeiro tempo começou no ritmo que o Tottenham está acostumado, controlando a posse de bola, tendo que criar seus próprios espaços nas jogadas ofensivas, enquanto o Monaco se postava bem na defesa. Nesse cenário, apesar de haver movimentação constante entre as equipes, poucas chances eram criadas, de forma que a melhor chance, antes da abertura do placar, foi com Nacer Chadli, que recebeu de Kane na entrada da área, após o centroavante não ter conseguido finalizar frente a frente com Subasic, e mandou por cima do gol.

O Monaco até tentou responder com uma chegada com Adama Traoré, chutando de longe, mas apesar da espalmada de Hugo Lloris, Vertonghen afastou o perigo. Eis que aos 35 minutos de jogo, Nacer Chadli fez grande jogada pela direita, passando a caneta para cima de Coentrão e servindo Dele Alli na esquerda. O jovem volante cortou a zaga e bateu, mas o rebote de Subasic foi para trás, onde estava Erik Lamela, livre, para só escorar para as redes. A partir daí foi só correria. Ambas as equipes se ligaram nos 220 volts e começaram com um “lá e cá” alucinante, mas nenhuma delas conseguiu aproveitar as chances criadas: Subasic chegou a operar milagre ao ficar cara a cara com Harry Kane novamente.

Raggi e Lamela disputando lance no meio campo - Foto: Goal
Raggi e Lamela esperando a cobrança de escanteio – Foto: Goal

O segundo tempo teve um ritmo mais cadenciado, com superioridade do Tottenham, que equilibrou o número de finalizações na partida e teve boas chances de aumentar o placar. Subasic fez milagre em cabeçada de Eric Dier e Harry Kane perdeu uma grande chance ao subir sozinho na área após cruzamento de Kieran Trippier. Eis que numa desatenção da defesa, o Mônaco aproveitou a única chance clara que teve no segundo tempo: Dirar, que havia entrado no decorrer da partida, tabelou com Fabinho e cruzou pra área, Trippier dormiu no ponto ao marcar El Shaarawy, aos 35 da segunda etapa, que subiu e cabeceou firme para as redes, sem que Lloris tivesse muito tempo para se movimentar e defender a finalização bem em cima de si. Fim de jogo: 1 a 1 no Principado de Monaco.

Agora, o Grupo J da UEL se configura da seguinte maneira: Tottenham é líder, com 4 pontos, seguido por Qarabag (que bateu o Anderlecht, nesta mesma quinta-feira, por 1 a 0) com 3 pontos, Monaco com 2 pontos e Anderlecht, na última colocação, com 1 ponto.

O próximo jogo do Tottenham é pela English Premier League, já neste domingo, novamente fora de casa, contra o Swansea City às 12h (Brasília).

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

Lucas Colenghi

Mineiro de Uberaba, no Triângulo Mineiro, graduando em Licenciatura em Letras com Habilitação em Português e Inglês. Tenho 21 anos e as duas coisas que eu mais odeio no mundo são: 1- acordar cedo; 2- escanteio curto. Gostar de futebol é legal até você resolver torcer para um time: com o Tottenham não é diferente.

Latest posts by Lucas Colenghi (see all)