UEL – Mônaco 1×1 Tottenham

Nesta quinta-feira, no Principado de Mônaco, os pouco mais de 8 mil espectadores presentes no Stade Louis II viram um jogo movimentado terminar em 1 a 1 entre Mônaco e Tottenham. Enquanto Erik Lamela abriu o placar para os visitantes ainda na primeira etapa, coube ao “Faraó” Stephan El Shaarawy empatar a partida e não deixar que o Tottenham se distancia-se na liderança do grupo J da UEFA Europa League.

Leonardo Jardim alinhou a equipe da casa da seguinte forma: Subasic; Fabinho, Raggi, Carvalho (Dirar), Coentrão; Toulalan, Moutinho, Bernardo Silva; Lemar (El Shaarawy), Lacina Traoré (Carrillo), Adama Traoré. Já Mauricio Pochettino, ao contrário das prévias, mexeu pouco na equipe que havia vencido o Manchester City no fim de semana anterior, escalando: Lloris; Trippier, Alderweireld, Vertonghen, Rose; Dier, Alli, Chadli (Townsend), Eriksen (Carroll), Lamela (N’Jie); Kane.

O primeiro tempo começou no ritmo que o Tottenham está acostumado, controlando a posse de bola, tendo que criar seus próprios espaços nas jogadas ofensivas, enquanto o Monaco se postava bem na defesa. Nesse cenário, apesar de haver movimentação constante entre as equipes, poucas chances eram criadas, de forma que a melhor chance, antes da abertura do placar, foi com Nacer Chadli, que recebeu de Kane na entrada da área, após o centroavante não ter conseguido finalizar frente a frente com Subasic, e mandou por cima do gol.

O Monaco até tentou responder com uma chegada com Adama Traoré, chutando de longe, mas apesar da espalmada de Hugo Lloris, Vertonghen afastou o perigo. Eis que aos 35 minutos de jogo, Nacer Chadli fez grande jogada pela direita, passando a caneta para cima de Coentrão e servindo Dele Alli na esquerda. O jovem volante cortou a zaga e bateu, mas o rebote de Subasic foi para trás, onde estava Erik Lamela, livre, para só escorar para as redes. A partir daí foi só correria. Ambas as equipes se ligaram nos 220 volts e começaram com um “lá e cá” alucinante, mas nenhuma delas conseguiu aproveitar as chances criadas: Subasic chegou a operar milagre ao ficar cara a cara com Harry Kane novamente.

Raggi e Lamela disputando lance no meio campo - Foto: Goal
Raggi e Lamela esperando a cobrança de escanteio – Foto: Goal

O segundo tempo teve um ritmo mais cadenciado, com superioridade do Tottenham, que equilibrou o número de finalizações na partida e teve boas chances de aumentar o placar. Subasic fez milagre em cabeçada de Eric Dier e Harry Kane perdeu uma grande chance ao subir sozinho na área após cruzamento de Kieran Trippier. Eis que numa desatenção da defesa, o Mônaco aproveitou a única chance clara que teve no segundo tempo: Dirar, que havia entrado no decorrer da partida, tabelou com Fabinho e cruzou pra área, Trippier dormiu no ponto ao marcar El Shaarawy, aos 35 da segunda etapa, que subiu e cabeceou firme para as redes, sem que Lloris tivesse muito tempo para se movimentar e defender a finalização bem em cima de si. Fim de jogo: 1 a 1 no Principado de Monaco.

Agora, o Grupo J da UEL se configura da seguinte maneira: Tottenham é líder, com 4 pontos, seguido por Qarabag (que bateu o Anderlecht, nesta mesma quinta-feira, por 1 a 0) com 3 pontos, Monaco com 2 pontos e Anderlecht, na última colocação, com 1 ponto.

O próximo jogo do Tottenham é pela English Premier League, já neste domingo, novamente fora de casa, contra o Swansea City às 12h (Brasília).

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

Lucas Colenghi

Mineiro de Uberaba (no Triângulo Mineiro). Licenciado em Letras com Habilitação em Português e Inglês pela UFTM. Tenho 22 anos e as duas coisas que eu mais odeio no mundo são: 1- acordar cedo; 2- escanteio curto. Gostar de futebol é legal até você resolver torcer para um time: com o Tottenham não é diferente.