EPL – Tottenham 4×1 Manchester City

Chocolate. Com esse termo bem brasileiro começamos a contar a história da espetacular vitória do Tottenham por 4 a 1 sobre o Manchester City, nessa manhã de sábado (26), em White Hart Lane. Em um jogo de gols polêmicos por erros de bandeirinhas, a maior competência dos Spurs rendeu o merecido triunfo, uma lavada na alma devido às goleadas sofridas contra o City nas últimas temporadas. De Bruyne abriu o marcador para os Citizens, mas Dier, Alderweireld, Kane e Lamela construíram a goleada, que impulsionou o Tottenham aos 12 pontos na Premier League.

Maurício Pochettino não tinha novos desfalques para o jogo, além de Mason, Dembele, Pritchard e Bentaleb, indisponíveis há algum tempo. Tendo poupado a maioria dos titulares no jogo da Copa da Liga de quarta-feira, mandou a campo Lloris; Walker, Alderweireld, Vertonghen, Davies; Dier, Alli, Eriksen, Lamela, Son; Kane. Por sua vez, Pellegrini escalou a equipe titular, sem Kompany e Hart, que se recuperam de lesão. O City foi alinhado com Caballero; Sagna, Demichelis, Otamendi, Kolarov; Fernando, Fernandinho, Yaya Touré, De Bruyne, Sterling; Kun Aguero.

Foto: Reprodução / skysports
Finalmente saiu o gol do homem! (Foto: Reprodução / skysports)

O Manchester City começou o jogo muito melhor. Marcando a saída de bola, pressionando e tendo a posse, não deixava o time da casa jogar. Com o passar do tempo as coisas foram se equilibrando, mas as finalizações consistiam em pouco perigo. Harry Kane e Sergio Aguero, os centroavantes, se movimentavam muito no campo para criar ocasiões mas as zagas se sobrepunham. Aos 25′, o primeiro gol. Walker e Eriksen não se entenderam na frente e Yaya Touré arrancou em espetacular contra ataque. O marfinense avançou e tocou para De Bruyne, em posição duvidosa, que finalizou rasteiro no canto direito de Lloris, abrindo o score. Na sequência, Sterling teve grande chance de dobrar a vantagem, mas Lloris realizou defesa espetacular.

O Tottenham cresceu muito no jogo. Kane obrigou Caballero a fazer grande defesa em chute de esquerda que ganharia o ângulo do City. O gol de empate saiu num lance inesperado e inicialmente irregular. Kane serviu ao lateral Walker, em posição de impedimento. O camisa 2 cruzou rasteiro para Son, que finalizou parando em grande intervenção de Caballero. Na sequência, De Bruyne errou o passe para Fernandinho e o onipresente Eric Dier acertou chute de longe, queimando a grama e tocando o pé da trave direita antes de estufar as redes de Willy Caballero. Empate, no último minuto regulamentar do primeiro tempo.

A segunda etapa começou em outro ritmo. O Tottenham atacando mais e tendo em Harry Kane o seu principal nome na movimentação. Aos 49′, o camisa 10 sofreu falta. Lamela cruzou na área e Alderweireld ganhou de cabeça de Fernando, para fazer 2×1, com colaboração do goleiro Caballero que saiu mal do gol. Aos 61′, nova polêmica. Eriksen bateu falta com perfeição, a bola tocou na junção da trave com o travessão e voltou para Harry Kane que completou de primeira para o gol. O atacante estava em impedimento no momento da cobrança, que o bandeira não observou. Ninguém se importou e White Hart Lane desabou em festa.

Foto: Reprodução / skysports
Foto: Reprodução / skysports

Pouco depois, Son marcaria um gol impedido, bem assinalado pelo bandeira. A bola desviada por Chadli ganharia as redes mesmo sem o toque do sul-coreano, falta de sorte a nossa. Lloris ainda teve tempo para uma intervenção inacreditável em chute forte de Jesus Navas, no ângulo, que o francês mandou para fora. E aos 79 minutos, a pá de cal. N’Jie foi lançado pela direita, passou como quis por Kolarov e cruzou para Lamela. O argentino foi frio para dominar a bola, ganhar de Demichelis driblar Caballero e apenas tocar para o gol vazio, sacramentando a goleada.

Com o resultado o Tottenham chega a 12 pontos, fica a 3 do City, atual líder, e entra de vez na briga por uma das vagas no top4. Na próxima quinta-feira, o Tottenham visita o Monaco, no principado, pela Europa League. E no domingo, encara o Swansea, no País de Gales.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

Emerson Araujo

Jornalista, aficionado por futebol, torcedor do Cruzeiro (de nascença) e do Tottenham (desde 2005). Orgulhosamente, um dos fundadores da Tottenham Brasil e colaborador do Guerreiro dos Gramados, site voltado a cruzeirenses. Odeia Guardiolismos e acredita que atacante tem que fazer gol. Acredita que todo dia é um 7 a 1 diferente e não há nada de mau nisso. Exímio treinador no Football Manager.

Latest posts by Emerson Araujo (see all)

  • Lucas Muniz

    Vibrei muito com essa vitória! Come on you Spurs!!