N’Jie: Um chamado à coletividade

Desde que se recuperou de lesão, Clinton N’Jie atuou nos últimos três jogos do Tottenham na temporada, sempre vindo do banco de reservas, contribuindo para seu processo de adaptação na Inglaterra. Nesse pouco tempo de clube, N’Jie já se sente à vontade e acredita que os jogadores terão de atuar muito bem coletivamente e se doar 100% para bater o Manchester City neste sábado.

Clinton N'Jie tem entrado aos poucos no ritmo da equipe - Foto: THO
Clinton N’Jie tem entrado aos poucos no ritmo da equipe – Foto: THO

“Normalmente, o Manchester City se porta como o clube grande, tem grandes jogadores, mas também temos uma boa equipe e trabalharemos duro coletivamente para conseguir um bom resultado no sábado” – disse Clinton -“O City tem jogadores inteligentes, Raheem Sterling, Kun Aguero, entre outros, mas acho que temos de estar 100 por cento física e mentalmente para que tudo dê certo.” – completou – “Merecíamos um resultado melhor, quarta-feira, na Copa, mas tentaremos nos recuperar contra o City e buscar os três pontos” – acrescentou o jogador.

O jogador, ainda, se rendeu à atmosfera da torcida em White Hart Lane:

“A atmosfera estava incrível na quarta-feira e os torcedores fizeram um grande trabalho. Espero que consigamos ter o mesmo no sábado. A torcida está sempre nos apoiando e é muito importante para nós.” – finalizou N’Jie.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

Lucas Colenghi

Mineiro de Uberaba (no Triângulo Mineiro). Licenciado em Letras com Habilitação em Português e Inglês pela UFTM. Tenho 22 anos e as duas coisas que eu mais odeio no mundo são: 1- acordar cedo; 2- escanteio curto. Gostar de futebol é legal até você resolver torcer para um time: com o Tottenham não é diferente.