Não sabemos seu limite

Hugo Lloris, capitão do time – sim, não considero Kaboul o capitão, o próprio Pochettino já o escanteou -, foi mais um a rasgar elogios sobre o jogador que tem sido Harry Kane nesta temporada. O goleiro francês acredita que o apetite que o atacante tem ao trabalhar duro é a chave para seu bom desempenho individual e em equipe.

Hugo e Harry após a vitória de 5 a 3 contra o Chelsea. – Foto: Tottenham Hotspur Official

Harry consolidou um início fantástico de 2015 ao ser eleito o “Jogador do mês da Barclays Premier League”, neste mês de janeiro, na sexta.

Ele marcou cinco gols em três partidas grandes da liga, em janeiro, incluindo o memorável doblete na vitória por 5 a 3 contra o Chelsea no primeiro dia do ano. Harry ainda marcou mais duas vezes no North London Derby, na vitória por 2 a 1 e, mesmo na derrota em Anfield Road, deixou sua marca.

Harry com seu prêmio de “Jogador do mês da Barclays Premier League” – Foto: Tottenham Hotspur Official.

Ao ser perguntado sobre o progresso de Harry na temporada, Hugo Lloris respondeu: “Isso é fácil… degrau por degrau. Mas não sabemos qual seria seu limite!”.

“É o mesmo com Christian Eriksen, ele tem talento e trabalha duro todos os dias.”.

“Ele trabalha pelo time e, após isso, é que pensa em si mesmo. Isso é muito importante.”.

“Há um grande espírito aqui e você pode sentir isso todo dia, dentro e fora de campo.”.

“Você se sente mais confortável no jogo, pois sabe que, como um time, estamos preparados para batalhar e sermos agressivos e isso começa já na frente, com jogadores talentosos como Harry, Christian, Erik Lamela, Nacer e Andros.”.

“Essa é a chave do que queremos no time.”.

Matéria no site oficial do clube: http://www.tottenhamhotspur.com/news/hugo-on-harry-130215/

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

Lucas Colenghi

Mineiro de Uberaba (no Triângulo Mineiro). Licenciado em Letras com Habilitação em Português e Inglês pela UFTM. Tenho 22 anos e as duas coisas que eu mais odeio no mundo são: 1- acordar cedo; 2- escanteio curto. Gostar de futebol é legal até você resolver torcer para um time: com o Tottenham não é diferente.

Latest posts by Lucas Colenghi (see all)

  • fernando c.

    Vive uma fase magica e é cria da casa.
    HURRY KANE