Sheffield United 2×2 Tottenham – Estamos em Wembley

Foi com sofrimento, apresentando um bom futebol mas levando imensos sustos defensivos. Mas estamos em Wembley. Após vencer em casa por 1×0, o Tottenham foi ao Bramall Lane encarar o Sheffield United pelo jogo de volta e arrancou um bom empate por 2×2. Eriksen fez os dois gols dos Spurs, enquanto Che Adams marcou duas vezes para o time da casa. No fim das contas, vaga assegurada na decisão de 1 de março, contra o Chelsea.

Buscando a vitória, Clough armou o Sheffield com um atacante a mais – Baxter na vaga de Reed – e parecia disposto a encurralar os Spurs. Seu time alinhou com Howard, Flynn, McEveley, Basham, Harris; Doyle, Campbell-Ryce, Scougall; Murphy, McNulty, Baxter. Já os Spurs foram mandados a campo por Pochettino com: Vorm, Walker, Vertonghen, Dier, Davies; Stambouli, Mason, Lamela, Dembele, Eriksen; Kane.

Foto: Reprodução / Site oficial do Tottenham

Os planos de Clough não deram certo e o Tottenham mostrou uma capacidade incrível para dominar o jogo. Embaixo de muita neve, o time visitante rodava a bola, mantinha sua posse e criava boas oportunidades, mas Kane não estava em um dia inspirado. A trave e o goleiro Howard pararam o camisa 18 algumas vezes e o Sheffield pouco incomodava. Quando chegou, foi em falha de Vorm. Campbell Ryce cruzou, o goleiro rebateu para o meio da área mas esteve atento para defender com o pé o rebote de Murphy. E aos 28′, apareceu Eriksen. O dinamarquês bateu falta com perfeição impressionante no ângulo direito do goleiro Howard, que nem foi para a bola. A criança tocou a trave e ganhou as redes, colocando os visitantes em ótima condição.

O segundo tempo manteve a cara do primeiro e o Tottenham perdeu mais algumas chances. Quando tudo parecia fadado a um duelo tranquilo, Che Adams veio a campo pelo Sheffield, e o garoto de 18 anos estava endiabrado. Logo em seu primeiro lance, recebeu cruzamento da direita, que a zaga não afastou e completou rasteiro no canto de Vorm, para empatar. Na saída de bola, a virada. Murphy deixou Vertonghen deitado na linha de fundo e cruzou para Adams que bateu firme e viu a bola desviar em Dier, traindo Vorm. Virada sensacional no Bramall Lane.

Reed ainda teve a chance de fazer o terceiro e eliminar o Tottenham, mas o chute subiu muito. Porém, os Spurs tem Eriksen. e o decisivo armador recebeu ótimo passe de Kane desmarcado, para ajeitar o corpo e executar de perna canhota com espantosa tranquilidade, sem chance para Howard. Era o empate e o passaporte carimbado para Wembley.

 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

Emerson Araujo

Jornalista, aficionado por futebol, torcedor do Cruzeiro (de nascença) e do Tottenham (desde 2005). Orgulhosamente, um dos fundadores da Tottenham Brasil e colaborador do Guerreiro dos Gramados, site voltado a cruzeirenses. Odeia Guardiolismos e acredita que atacante tem que fazer gol. Acredita que todo dia é um 7 a 1 diferente e não há nada de mau nisso. Exímio treinador no Football Manager.

Latest posts by Emerson Araujo (see all)

  • Pedro Felipe

    Eriksen é um jogador genial, tipico armador, um clássico camisa 10 ou 23 no caso haha bate faltas bem, decide jogos, tem bom passe, sabe conduzir a bola, possui visão de jogo, se continuar assim, vai ser difícil segurar ele no time