Tottenham 1×0 Sheffield United

Mesmo sem jogar bem, o Tottenham deu um importante passo em busca do título da Copa da Liga Inglesa. Jogando em White Hart Lane, a equipe pouco criou, mas conseguiu uma magra vitória por 1×0, gol de pênalti marcado por Townsend, e se colocou em vantagem para o duelo da próxima quarta em Bramall Lane, onde será decidido quem vai para Wembley.

Tentando fazer vantagem para o jogo de volta, Pochettino escalou os Spurs com Vorm, Walker, Vertonghen, Dier, Davies; Mason, Stambouli, Townsend, Eriksen, Kane, Adebayor. Já o Sheffield foi escalado por Nigel Clough com Howard, Flynn, McEveley, Basham, Harris; Doyle, Campbell-Ryce, Scougall, Reed; Murphy, McNulty.

Foto: Reprodução / eurosport

Tentando criar oportunidades pelo meio, o Tottenham não tinha fluidez ofensiva e parecia uma presa fácil para a boa marcação do Sheffield, Campbell-Ryce dava trabalho para Davies e aparecia com muito perigo a meta de Vorm. Deslocado pelo lado do campo, Kane não conseguia render e Eriksen pouco fazia pelo meio. Adebayor longe de sua melhor condição física teve uma boa oportunidade, mas a zaga estava atenta e atrapalhou a finalização do togolês.

No segundo tempo, Pochettino mexeu e nada surtia efeito. O imponderável ajudou quando Davies lançou na área e Soldado dominou de pé direito. O zagueiro McAuley, de forma incompreensível, deu um tapa na bola tirando-a do domínio do espanhol. Pênalti claro e incontestável. Townsend na cobrança, bola no canto esquerdo do goleiro Howard e placar final no White Hart Lane.

Na próxima semana, o Tottenham decide seu futuro na competição e passará adiante desde que empate no Bramall Lane. Em caso de derrota por um gol de diferença, marcando na casa do adversário, o gol qualificado só valerá após a prorrogação.

 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

Emerson Araujo

Jornalista, aficionado por futebol, torcedor do Cruzeiro (de nascença) e do Tottenham (desde 2005). Orgulhosamente, um dos fundadores da Tottenham Brasil e colaborador do Guerreiro dos Gramados, site voltado a cruzeirenses. Odeia Guardiolismos e acredita que atacante tem que fazer gol. Acredita que todo dia é um 7 a 1 diferente e não há nada de mau nisso. Exímio treinador no Football Manager.

Latest posts by Emerson Araujo (see all)