Burnley 1×1 Tottenham

Nesta segunda-feira, 5, o Tottenham visitou o Burnley pela 3ª rodada da FA Cup, a Copa da Inglaterra. Em um Turf Moor quase vazio, cena rara na Terra da Rainha Elizabeth, Burnley e Tottenham fizeram um jogo deprimente, algo acentuado pela não-transmissão do jogo para o Brasil e o fracasso total de vários perfis do clube em redes sociais para encontrar streamings que passassem o jogo. O empate em 1 a 1 não foi bom para nenhuma das equipes e vou explicar o por quê.

Um vazio Turf Moor recebeu um melancólico jogo pela FA Cup – BBC

O empate em fases prévias à semifinal da FA Cup causa a repetição desta partida com mando invertido, em que, caso o empate persista, ela será decidida em prorrogação e, se necessário: cobranças de pênalti. O Burnley tem um orçamento extremamente limitado, seu elenco é bem enxuto, de forma que quanto mais jogos a equipe acumular em copas (mesmo o replay deste jogo podendo ser o último), o resultado pode ser o cansaço da equipe, interferindo negativamente no seu objetivo na liga nacional: permanecer na Barclays Premier League.

Quanto ao Tottenham: a equipe está em quatro, veja bem, quatro frentes nesta temporada: Briga pela vaga na UCL via campeonato inglês, semifinais da Capital One Cup, UEFA Europa League (16 avos de final contra a Fiorentina) e agora terá que repetir a partida da 3ª fase da FA Cup contra o Burnley. O time poderia ter eliminado já uma etapa disso tudo, mas foi incompetente para tal feito. Resultado: quarta-feira que vem, 14, teremos este jogo, contra o Burnley, em White Hart Lane. Em tese, o Tottenham tem o elenco suficiente para que haja um rodízio de jogadores, mas Pochettino apenas mesclou sua equipe, muitos titulares jogaram e outros entraram no decorrer da partida.

Sean Dyche alinhou os donos da casa da seguinte forma: Heaton; Trippier, Keane, Mee, Lafferty; Kightly, Arfield, Marney (c), Boyd (Wallace); Barnes (Vokes), Ings (Sordell). Reservas não utilizados: Gilks, O’Neill, Reid, Jutkiewicz. Já Mauricio Pochettino escalou o Tottenham do seguinte jeito: Vorm; Chiriches, Fazio, Vertonghen (c), Davies; Dembele, Stambouli (Kane); Chadli, Paulinho, Eriksen; Soldado (Townsend). Reservas não utilizados: Friedel, Dier, Naughton, Capoue, Onomah. Os gols foram marcados por Chadli, aos 11, e Vokes, empatando, aos 28 da etapa complementar.

Chadli fez o tento do Tottenham na partida, são 9, ao todo, na temporada – BBC

Como já dito, as equipes se enfrentam, novamente, dia 14, às 16h45 (Brasília). O vencedor do confronto enfrenta o Leicester no dia 24, com a rodada acontecendo entre as duas partidas da semifinal da Capital One Cup, sequência duríssima, portanto, para o Tottenham, se passar, mesmo com o adversário da Copa da Liga sendo o Sheffield United, time da 3ª divisão da Inglaterra.

A próxima partida do Tottenham será uma visita ao Selhurst Park, para enfrentar o Crystal Palace, que está de técnico novo: Alan Pardew. O jogo acontecerá neste sábado, às 15h30 (Brasília).

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

Lucas Colenghi

Mineiro de Uberaba (no Triângulo Mineiro). Licenciado em Letras com Habilitação em Português e Inglês pela UFTM. Tenho 22 anos e as duas coisas que eu mais odeio no mundo são: 1- acordar cedo; 2- escanteio curto. Gostar de futebol é legal até você resolver torcer para um time: com o Tottenham não é diferente.

Latest posts by Lucas Colenghi (see all)