Burnley 1×1 Tottenham

Nesta segunda-feira, 5, o Tottenham visitou o Burnley pela 3ª rodada da FA Cup, a Copa da Inglaterra. Em um Turf Moor quase vazio, cena rara na Terra da Rainha Elizabeth, Burnley e Tottenham fizeram um jogo deprimente, algo acentuado pela não-transmissão do jogo para o Brasil e o fracasso total de vários perfis do clube em redes sociais para encontrar streamings que passassem o jogo. O empate em 1 a 1 não foi bom para nenhuma das equipes e vou explicar o por quê.

Um vazio Turf Moor recebeu um melancólico jogo pela FA Cup – BBC

O empate em fases prévias à semifinal da FA Cup causa a repetição desta partida com mando invertido, em que, caso o empate persista, ela será decidida em prorrogação e, se necessário: cobranças de pênalti. O Burnley tem um orçamento extremamente limitado, seu elenco é bem enxuto, de forma que quanto mais jogos a equipe acumular em copas (mesmo o replay deste jogo podendo ser o último), o resultado pode ser o cansaço da equipe, interferindo negativamente no seu objetivo na liga nacional: permanecer na Barclays Premier League.

Quanto ao Tottenham: a equipe está em quatro, veja bem, quatro frentes nesta temporada: Briga pela vaga na UCL via campeonato inglês, semifinais da Capital One Cup, UEFA Europa League (16 avos de final contra a Fiorentina) e agora terá que repetir a partida da 3ª fase da FA Cup contra o Burnley. O time poderia ter eliminado já uma etapa disso tudo, mas foi incompetente para tal feito. Resultado: quarta-feira que vem, 14, teremos este jogo, contra o Burnley, em White Hart Lane. Em tese, o Tottenham tem o elenco suficiente para que haja um rodízio de jogadores, mas Pochettino apenas mesclou sua equipe, muitos titulares jogaram e outros entraram no decorrer da partida.

Sean Dyche alinhou os donos da casa da seguinte forma: Heaton; Trippier, Keane, Mee, Lafferty; Kightly, Arfield, Marney (c), Boyd (Wallace); Barnes (Vokes), Ings (Sordell). Reservas não utilizados: Gilks, O’Neill, Reid, Jutkiewicz. Já Mauricio Pochettino escalou o Tottenham do seguinte jeito: Vorm; Chiriches, Fazio, Vertonghen (c), Davies; Dembele, Stambouli (Kane); Chadli, Paulinho, Eriksen; Soldado (Townsend). Reservas não utilizados: Friedel, Dier, Naughton, Capoue, Onomah. Os gols foram marcados por Chadli, aos 11, e Vokes, empatando, aos 28 da etapa complementar.

Chadli fez o tento do Tottenham na partida, são 9, ao todo, na temporada – BBC

Como já dito, as equipes se enfrentam, novamente, dia 14, às 16h45 (Brasília). O vencedor do confronto enfrenta o Leicester no dia 24, com a rodada acontecendo entre as duas partidas da semifinal da Capital One Cup, sequência duríssima, portanto, para o Tottenham, se passar, mesmo com o adversário da Copa da Liga sendo o Sheffield United, time da 3ª divisão da Inglaterra.

A próxima partida do Tottenham será uma visita ao Selhurst Park, para enfrentar o Crystal Palace, que está de técnico novo: Alan Pardew. O jogo acontecerá neste sábado, às 15h30 (Brasília).

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

Lucas Colenghi

Mineiro de Uberaba, no Triângulo Mineiro, graduando em Licenciatura em Letras com Habilitação em Português e Inglês. Tenho 21 anos e as duas coisas que eu mais odeio no mundo são: 1- acordar cedo; 2- escanteio curto. Gostar de futebol é legal até você resolver torcer para um time: com o Tottenham não é diferente.

Latest posts by Lucas Colenghi (see all)