Hull City 1×2 Tottenham

Neste domingo, 23, o Tottenham foi até o KC Stadium enfrentar os anfitriões do Hull City. Com ambas as equipes em momento ruim na temporada, a vitória era essencial para ambos os lados. O que se viu foi um jogo fraco tecnicamente, até a expulsão de Gastón Ramírez do lado do Hull City e ela foi determinante para que os Spurs virassem o jogo a seu favor e confirmassem a vitória, por 2 a 1, com destaque para a atuação de Christian Eriksen.

Soldado comemora o gol de empate do Tottenham com Harry Kane – ESPN.

Steve Bruce mandou um time com meio campo reforçado para a partida: McGregor; El Mohamady, Dawson, Davies, Robertson; Livermore, Huddlestone (Rosenior); Ben Arfa (Meyler), Gastón Ramírez, Brady(Quinn); Jelavic. Já Pochettino, com nove desfalques por lesão, muitos de última hora, como Chadli, Kaboul e Adebayor, mandou o que tinha de melhor a campo: Lloris; Dier (Chiriches), Fazio, Vertonghen, Davies; Mason, Dembélé (Lennon); Lamela, Eriksen; Kane, Soldado (Paulinho).

A partida começou num ritmo lento, o Tottenham tentava manter a posse de bola – como sempre – e o Hull abusava dos lançamentos longos. Numa das raras chegadas do Hull – que mesmo escassas eram perigosas – a bola foi mal rebatida pela defesa e Livermore, aos 8 minutos de jogo, encheu o pé de fora da área, rasteiro, para abrir o placar. O primeiro tempo foi fraco, o Hull ainda chegou mais duas vezes, em uma Lloris fez uma intervenção importante e, na outra, Ben Arfa isolou boa chance para os Tigers.

O segundo tempo do Tottenham precisava ser melhor, o time estava preguiçoso. Chiriches entrou no lugar de Dier pela lateral direita, para reforçar o setor. O Tottenham tentava tomar conta do jogo, que estava muito truncado, pela péssima arbitragem que fazia Craig Pawson. Aos 5 minutos do segundo tempo, Ramirez teve um entrevero com Vertonghen e acertou um tapa nas pernas do belga. O juiz foi alertado por seu auxiliar e expulsou – rigorosamente – o meio campista uruguaio. A partir da expulsão, o Tottenham tomou conta do jogo totalmente, foram mais de 85% de posse de bola na etapa complementar e inúmeras finalizações. Soldado e Harry Kane perderam chances preciosas, mas antes disso o empate havia sido alcançado. Eriksen bateu uma falta, da intermediária, na trave, a bola bateu em McGregor e sobrou no meio da área para Harry Kane completar para o gol vazio. As tentativas foram muitas e o Hull não conseguia contra-atacar a equipe. A entrada de Lennon foi primordial para a equipe amassar seu adversário no campo de defesa dele. Mas o segundo gol só saiu aos 45 minutos da etapa final. Paulinho, que havia entrado no lugar de Soldado, contundido, puxou a marcação para que Eriksen avançasse livre e fuzilasse o canto baixo de McGregor, decretando a vitória do Tottenham em 2 a 1.

Com o resultado, o Tottenham sobe da décima segunda para a décima posição na tabela da Barclays Premier League, com 17 pontos, a 2 atrás do quarto colocado, Manchester United.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

Lucas Colenghi

Mineiro de Uberaba (no Triângulo Mineiro). Licenciado em Letras com Habilitação em Português e Inglês pela UFTM. Tenho 22 anos e as duas coisas que eu mais odeio no mundo são: 1- acordar cedo; 2- escanteio curto. Gostar de futebol é legal até você resolver torcer para um time: com o Tottenham não é diferente.
  • wagner

    Quero saber é quando que esse time vai jogar bem. Todo jogo torcendo pra vitória cair do céu é tenso.

  • Vinícius

    Provavelmente vai demorar pro time jogar bem, nossos únicos jogos que apresentamos futebol de UCL foi contra o QPR (talvez o único jogo que o nosso meio de campo se entendeu de verdade), contra o arsenal (parte defensiva monstra e garra), contra o West Ham (só considero porque jogamos com 1 a menos o jogo todo e porque os hammers estavam em casa e estão fazendo uma boa temporada) e contra o Asteras (mas o Asteras é café- com- leite, muito fraco). Isso dá uma média de 1 jogo bom a cada 5 jogos mais ou menos.

    Fora Pocchettino!

  • Lucas Andriuk

    Vamos ver contra o everton no domingo se o time embala de vez…