Consórcio Norte-Americano pode fazer oferta pelo Tottenham

London Evening Standard anunciou que Joe Lewis teria recebido uma nova oferta para vender o Tottenham. Desta vez, um consórcio norte-americano, suportado por uma das maiores companhias de finanças do mundo é quem teria feito a oferta.

>>MATÉRIA DO STANDARD

Foto: London Evening Standard. Diretoria do Tottenham em um dos jogos do time na temporada.

O Standard Sport revelou que um grupo de ricos empresários norte-americanos, baseado na Califórnia, quer se encontrar com Daniel Levy em Nova Iorque.

O grupo representa um dos maiores investidores privados do mundo: The Carlyle Group. Esse grupo teve, uma vez, o Primeiro Ministro Conservador John Major, na ala europeia da companhia de 2001 a 2004.

O consórcio estadunidense gostaria de manter Daniel Levy como presidente do Tottenham se a compra fosse bem sucedida. O dono do clube, Joe Lewis, colocou um preço de 1 bilhão de dólares na franquia, cerca de 628 milhões de libras, mas especula-se que ele aceitaria algo em torno das 520 milhões de libras e os americanos estariam dispostos a pagar.

Não é a primeira vez que o Tottenham recebe uma proposta vinda dos EUA. Em setembro, a firma de investimentos, Cain Hoy, mostrou interesse no clube, mas acabou recuando.

Não há dúvidas que compradores em potencial terão uma dura tarefa. Não apenas para evitar que ofertas de outros lugares sejam feitas, mas também eles teriam de lidar com o complicado processo de desenvolvimento no qual o Tottenham esteja engajado. Mesmo que houvesse o dinheiro para comprar o clube, não seria tão simples investir 400 milhões de libras nas obras atuais.

Juntamente com o processo de desenvolvimento da área em que o novo estádio ficaria, há todo um processo de regeneração dos arredores, com uma mexida geral de infraestrutura, moradia e construções de conveniência.

Essa regeneração tem um interesse particular do prefeito de Londres, Boris Johnson, que tem vigiado de perto como um novo dono iria se dedicar a esse amplo projeto.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

Lucas Colenghi

Mineiro de Uberaba (no Triângulo Mineiro). Licenciado em Letras com Habilitação em Português e Inglês pela UFTM. Tenho 22 anos e as duas coisas que eu mais odeio no mundo são: 1- acordar cedo; 2- escanteio curto. Gostar de futebol é legal até você resolver torcer para um time: com o Tottenham não é diferente.