Jogadores questionam Daniel Levy

Os jogadores do Tottenham estão extremamente preocupados com a possibilidade de o clube nunca obter sucesso enquanto Daniel Levy for seu presidente.

O treinador, Mauricio Pochettino, planeja se reunir com seus jogadores após a Data FIFA, com o intuito de resolver os problemas psicológicos que ele acredita que a esquadra esteja enfrentando. Mas é Levy quem precisa convencer este crescente grupo de jogadores de que o caminho com o qual ele esteja dirigindo o clube não seja o maior problema nos Spurs.

Daily Telegraph entende que os jogadores discutiram a situação do clube entre si e estão preocupados que tudo esteja a dois passos atrás com Daniel Levy no comando.

Há uma confusão sobre quem realmente esteja controlando as estratégias de transferências do Tottenham e se Pochettino realmente tem recebido os jogadores com os quais ele desejaria trabalhar. Aqueles jogadores que não se sentem parte dos planos tem medo de que lhes sejam negada uma transferência para outro time, com os pedidos inflacionados de preço de Daniel Levy por seus jogadores.

Nenhum jogador está, diretamente, culpando Levy pelos maus resultados na temporada, mas Pochettino poderá encontrar dificuldades em, propriamente, motivar aqueles que pensam que o Tottenham não terá sucesso sob o comando do dirigente.

Uma grande quantidade de torcedores dos Spurs tem se voltado contra Levy e há vários pedidos de “Fora Levy” nas redes sociais, inclusive, alguns banners com os mesmos dizeres foram tomados dos torcedores, durante o jogo contra o Stoke City, pelos seguranças do estádio.

Qualquer um que queira levar um banner para White Hart Lane precisa de uma autorização prévia do clube, por motivos de saúde e segurança.

Os investidores americanos da firma Cain Hoy tentaram uma aproximação com o clube, com o interesse de comprá-lo, em setembro, mas recuaram nas conversas, devido a questões mal resolvidas sobre os esforços que Levy tem feito para levar o clube a um novo estádio.

Os que apoiam Levy dizem que ele tem feito do Tottenham um clube financeiramente estável e o ajudou a transformá-lo em um regular participante do top-6 da tabela da Premier League.

Apesar de ver seu time ser derrotado, pela quinta vez na liga, contra o Stoke City, o cargo de Pochettino não está sob risco imediato.

Fontes de dentro dos Spurs insistem que Levy sempre admitiu que essa seria uma temporada de transição e reconstrução quando ele nomeou Pochettino como treinador. E o dirigente se mantém confiante com as habilidades do argentino.

Diferente de seus antecessores, Andre Villas-Boas e Tim Sherwood, Pochettino tem uma boa relação com Daniel Levy e Franco Baldini, diretor de futebol do clube.

O maior desafio de Pochettino é entender o por quê de seus jogadores não conseguirem traduzir o trabalho duro dos treinos, nos jogos. Ele falará com aqueles que não estão defendendo seus países na data FIFA desta semana e depois conversará com os outros quando voltarem.

Jogadores corajosos o suficiente questionarão Pochettino sobre como sua política de rotação de elenco tem sido frustrante para eles.

Pochettino dividiu e mudou seu time, colocando equipes diferentes entre Liga Europa e Premier League, constantemente mudando seus zagueiros. Isso resultou em performances inconsistentes e jogadores com dificuldade para se adaptar ao seus métodos em dias de jogos.

Talvez por ter assumido apenas no verão (agosto), Pochettino ainda está decidindo seu melhor time e vai estabilizá-lo com o tempo.

O treinador do Chelsea, José Mourinho, tenta fazer o menor número de mudanças possíveis na Premier League e isso foi percebido pelos jogadores dos Spurs.

Pochettino deve ter cuidado com possíveis rachas de elenco, principalmente com os jogadores que falam espanhol. Entende-se que os jogadores sul-americanos do Tottenham, juntamente com Soldado, ainda falam em espanhol uns com os outros no centro de treinamento, mesmo com os esforços para que aprendam inglês.

Matéria do Daily Telegraph: http://www.telegraph.co.uk/sport/football/teams/tottenham-hotspur/11222147/Tottenham-players-question-Daniel-Levy-as-Mauricio-Pochettino-plans-to-meet-squad-to-discuss-poor-form.html

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

Lucas Colenghi

Mineiro de Uberaba, no Triângulo Mineiro, graduando em Licenciatura em Letras com Habilitação em Português e Inglês. Tenho 21 anos e as duas coisas que eu mais odeio no mundo são: 1- acordar cedo; 2- escanteio curto. Gostar de futebol é legal até você resolver torcer para um time: com o Tottenham não é diferente.

Latest posts by Lucas Colenghi (see all)