Tottenham inicia conversas formais com MK Dons para groundshare


Depois de anunciar o veto da FA para o projeto de usar o novo estadio ainda “inacabado”, os Spurs anunciaram que a temporada 17-18 será em outro estadio para a conclusão da obra do novo estadio. Com isso muitas especulações sobre onde seria a casa dos Spurs nessa temporada fora de WHL, e o estadio do MK Dons parece ser o primeiro na lista para essa temporada de groundshare(estadio compartilhado).

Algumas das opções citadas inicialmente s mostraram inviáveis como o estadio olímpico de Londres que tem o Westham com a concessão de uso e que por contrato tem o direito de veto ao uso de outras equipes e assim o fez. Já Wembley, que seria o preferido dos torcedores, tem um máximo de 37 eventos permitidos por ano, o que possibilita os Spurs a fazer apenas três partidas no Estádio de Wembley.

Com esse dois grandes estádios fora de questão, o estadio do Milton Keynes passou a ser a primeira escolha. Muitos torcedores já se mostraram contra a escolha e citando opções mais próximas a WHL como Twickenham, que e o segundo maior estádio do Reino Unido e o maior exclusivo de rugby e recentemente foi ampliado para 82.000 lugares e que já e especulado como groundshare do Chelsea para o projeto de novo estadio, Ou ate mesmo o Loftus Road, estadio do QPR que fica a apenas 15 milhas de WHL.

O estádio do Milton Keynes é 48,3 milhas de distância de White Hart Lane, aproximadamente 77 kilomentros, mas tem boas ligações rodoviárias e ferroviárias de Londres,e segundo a imprensa os debates entre os funcionários do clube foram positivos com presidente Daniel Levy. Para isso tudo acontecer Tottenham teria que pedir permissão a Premier League para selar um contrato com a MK Dons e o estádio e o estadio de Wembley.

O MK Stadium tem capacidade de 30.500 lugares, apenas seis mil menos de White Hart Lane, uma diferença que e agradável para o Tottenham. O local vai sediar jogos da Copa do Mundo de Rugby no próximo ano e Spurs já ficaram impressionados com as instalações durante a vitória Capital One Cup televisionado contra o Manchester United em agosto.

O acordo de parceria com o MK Stadium depende apenas do seguimento das obras do novo estadio que ainda tem alguns entraves burocráticos, a expectativa e que assim que isso for resolvido o Tottenham avançara com os planos e já definira sua casa para temporada 17-18.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

fernandobraz

Latest posts by fernandobraz (see all)