Tottenham 1×1 Besiktas

Nesta quinta, 2, o Tottenham recebeu o Besiktas em partida válida pela segunda rodada da fase de grupos da UEFA Europa League. Em uma partida de superioridade turca, o Tottenham, com um futebol fraco, segurou uma vantagem de 1 a 0 até os 43 minutos de jogo, quando o Besiktas empatou o jogo, em cobrança de pênalti.

Os comandados de Mauricio Pochettino foram a campo da seguinte forma: Lloris; Dier, Fazio, Vertonghen, Davies; Paulinho (Lennon), Stambouli (Dembélé), Bentaleb, Townsend; Kane, Soldado (Adebayor). Slaven Bilic escalou o Besiktas da seguinte maneira: Zengin; Kurtulus, Sivok, Franco, Ramon; Kavlak (Ozyakup); Töre (Frei), Hutchinson, Sosa, Sahan (Pektemek); Demba Ba.

O jogo foi um desastre para o Tottenham, o empate, por 1 a 1, foi um resultado extremamente mentiroso, de forma que o Besiktas jogou muito melhor, mas quando não pecava na pontaria, Lloris estava lá para salvar a pele dos Spurs. A pressão turca começou logo nos primeiros minutos, quando a equipe ia para o campo de defesa do Tottenham pressionar a desentrosada zaga formada por Fazio e Chiriches. Sahan chegou a perder uma chance frente a frente com nosso goleiro.

O meio campo, como de costume, nada criava e ainda falhava em executar funções simples. Stambouli e Bentaleb não vem jogando bem juntos, tal como no jogo contra o Nottingham Forest pela Capital One Cup. Na defesa, Davies sofria muito com os avanços de Töre e Chiriches mais o atrapalhava do que o ajudava naquele lado, o que fez com que Fazio, vez ou outra, tivesse que atuar na quarta-zaga, evitando as trapalhadas de seu companheiro de zaga romeno.

Em um raro lance de ataque e brio, Harry Kane resolveu tentar a sorte: arriscou um chute forte, de perna canhota, que não é sua boa, de fora da área e a bola foi morrer no canto esquerdo de Zengin. Mesmo jogando mal, o Tottenham ia fazendo seu dever de casa, 1 a 0.

Mais uma vez o time jogou mal sob o comando de Mauricio Pochettino, algo recorrente na temporada. – BBC

No segundo tempo, mais do mesmo: Tottenham sofrendo para criar jogadas, não seguro defensivamente e mais uma vez confiando que Lloris fosse garantir o bicho da equipe ao final da partida. Dito e feito. Lloris fez intervenções importantíssimas, o Besiktas criou ótimas chances, principalmente quando a bola passava pelos pés do habilidoso Sahan, mas os turcos não conseguiam balançar a rede e o jogo parecia caminhar para uma vitória dos donos da casa.

Mas aos 43′ do segundo tempo, em um lance, aparentemente, bem resolvido, Chiriches conseguiu quase tropeçar na bola após um chutão da zaga do time turco, Ozyakup avançou mas foi desarmado – pelo braço do zagueiro romeno. Penalidade máxima! Dessa vez, Lloris não conseguiu evitar o gol adversário: Demba Ba cobrou com categoria, despistando Lloris, que esperava uma cobrança de segurança no meio do gol e ficou estático vendo a bola entrar em seu canto esquerdo. Resultado final: 1 a 1.

O exato momento da cobrança de pênalti de Demba Ba, igualando tudo em White Hart Lane – BBC

No outro jogo do grupo, o Asteras Tripolis, da Grécia, recebeu o Partizan e fez o dever de casa, vencendo por 2 a 0. A equipe grega, agora, lidera o grupo com 4 pontos, seguida por Besiktas e Tottenham, ambos com 2 pontos, e o lanterna, Partizan, que só tem 1 ponto. O Tottenham só volta a campo, pela Liga Europa, no dia 23 de outubro, quando receberá o Asteras Tripolis.

A próxima partida do Tottenham, na temporada, ocorre já neste domingo, 5, pela Premier League, em White Hart Lane, contra o Southampton, vice líder da competição.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

Lucas Colenghi

Mineiro de Uberaba (no Triângulo Mineiro). Licenciado em Letras com Habilitação em Português e Inglês pela UFTM. Tenho 22 anos e as duas coisas que eu mais odeio no mundo são: 1- acordar cedo; 2- escanteio curto. Gostar de futebol é legal até você resolver torcer para um time: com o Tottenham não é diferente.
  • Vinícius

    Pochettino precisa mudar drasticamente o meio campo do time “B”, na minha opnião Paulinho, Bentaleb e Towsend foram uma merd*, só Stambouli se salvou no meio campo. Paulinho, até que não tem tanta culpa, ele não é wing ou meia ofensivo pra jogar naquela posição. Com esse time é quase imposível pensar em ser campeão da Europa League, tomara que no mata-mata seja o time titular, porque na minha opnião é mais fácil se classificar pra liga dos campeões através da europa league do que o campeonto inglês.