Michael Dawson acerta com o Hull City

Site oficial do Hull City

O zagueiro e, agora ex-capitão do Tottenham, Michael Dawson, de 30 anos, assinou um contrato de 3 anos com o Hull City nesta terça-feira, 26, em uma negociação de valores não confirmados.

Dawson defendeu a seleção inglesa e foi um dos destaques do Tottenham na temporada em que o clube alcançou a vaga na UEFA Champions League. O zagueiro teve momentos memoráveis com a camisa dos Spurs, mas lesões o atrapalharam em temporadas recentes, fazendo com que o jogador já não dispusesse da confiança que tivera antes. Dawson havia perdido espaço na equipe durante a pré-temporada e isso ficou ainda mais evidente no início das competições, com a zaga sendo formada, em rotação, por Kaboul, Dier e Vertonghen.

Natural de Yorkshire, Dawson segue os passos de seu irmão, Andrew, vestindo a camisa dos Tigers. Começou sua carreira no Nottingham Forest, mas defendia o Tottenham desde 2005, completando 300 aparições pelo clube.  no Hull City, Dawson vestirá a camisa de número 21.

http://www.hullcitytigers.com/news/article/1415-dawson-signing-1877046.aspx

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

Lucas Colenghi

Mineiro de Uberaba, no Triângulo Mineiro, graduando em Licenciatura em Letras com Habilitação em Português e Inglês. Tenho 21 anos e as duas coisas que eu mais odeio no mundo são: 1- acordar cedo; 2- escanteio curto. Gostar de futebol é legal até você resolver torcer para um time: com o Tottenham não é diferente.

Latest posts by Lucas Colenghi (see all)

  • Caio Pereira

    Desejo toda a sorte para o nosso querido capitão no Hull City ;(
    “One Michael Dawson
    There’s only one Michael Dawson”

  • Vinícius

    Sempre será ídolo e sempre terá um lugar no coração de cada torcedor do Tottenham. Obrigado por tudo e boa sorte Dawson! 9 temporadas em um único clube não é pra qualquer um, sendo no mínimo 6 dessas temporadas em alto nível.

  • Adriel

    Merece um jogo de despedida, muito querido no Tottenham!