Chegada de zagueiro depende de acordo entre Villareal e River Plate

Muito se falou na imprensa na última semana sobre um possível acerto do zagueiro Mateo Musacchio, do Villareal, com o Tottenham. Inúmeras fontes já cravaram o negócio e companheiros de clube do jogador (inclusive o técnico Marcellino Toral) já declararam que “sentirão falta” do argentino de 23 anos.

Apesar de todo o fervor nas redes sociais em volta da negociação, poucas informações concretas foram divulgadas. O valor da transferência do jogador gira em torno dos 17 milhões de libras – o que faria de Musacchio o defensor mais caro da história dos Spurs.

O que acontece é que informantes confiáveis declararam que o próximo passo que o Tottenham deve dar é simplesmente colocar o contrato na mesa – todo o resto dos detalhes, como valores e cláusulas,
já foram definidos.

Agora o negócio depende de um acerto contratual entre o Villareal e o River Plate, clube que revelou Mateo. O time argentino ainda é detentor de uma porcentagem do passe do jogador – dividida com um grupo de empresários.

Nascido em Rosário, Musacchio impressionou no Monumental e foi para o Villareal ainda em 2009

Por mais controverso que seja (!), os Millonarios não vivem uma boa situação financeira; afundado em dívidas e buscando melhorar o elenco, o River quer que o valor destinado aos seus cofres com a venda do jogador seja maior do que o acertado. Do outro lado, o Villareal – que praticamente já conta com a saída do jogador – tem o negócio apalavrado com o Tottenham e não deve correr o risco de melar a transferência.

Ou seja, para os Spurs, resta aguardar a conversa e, eventualmente, o acordo entre os lados.

Musacchio, que foi o maior interceptador da última edição da Liga Espanhola, ainda treina normalmente com o time do Villareal, apesar de ter sido deixado de fora dos amistosos de pré-temporada do clube.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.
  • Vinícius

    Nova regra na premier league: atletas que perderem a consciência ao levarem pancadas na cabeça estarão proibidos de voltar ao jogo. Quem permanecer acordado terá que passar por uma avaliação médica à beira do gramado antes de ser autorizado a continuar.