Reactions: Adebayor acredita no time; Bentaleb orgulhoso por estreia

Adebayor comemora o gol que deu a vitória ao time contra o Southampton, o terceiro desde que voltou ao time titular (Foto: Reprodução/site oficial)

Após a vitória sobre o Southampton, Adebayor e o garoto Bentaleb se mostraram bastante felizes com o resultado. O primeiro, por conta dos dois gols marcados. Já o segundo, pela estreia na equipe principal.

O atacante togolês elogiou a postura dos companheiros e do treinador, e afirmou que a equipe está de volta ao caminho certo, fazendo uma crítica mesmo que de forma indireta ao ex-treinador André Villas-Boas. Ele não estava nos planos do português e passou boa parte da temporada treinando com o time reserva.

“O Southampton joga um bom futebol, eles têm bons jogadores e nós sabíamos que iria ser difícil,” comentou o jogador africano.

“Nós passamos por um momento difícil (no primeiro tempo), mas jogamos bem,” continuou. “O Tim nos falou antes do jogo para sair e jogar o nosso futebol, para apreciá-lo e acho que fizemos isso bem.”

“Nós falamos uns com os outros no campo, dissemos uns aos outros para mantermos a posse de bola, porque temos jogadores que podem segurar a bola. Fizemos um bom trabalho, todos estão satisfeitos com o desempenho.”

“Estou feliz pelos companheiros, feliz pelos torcedores. Vencer esse jogo foi muito importante para nós. Estamos de volta ao caminho certo,” concluiu.

Já o jovem meia Nabil Bentaleb, capitão da equipe sub-21, se mostrou orgulhoso por atuar pelo time principal e disse que vai continuar trabalhando para conquistar seu espaço.

“Foi ótimo,” disse o garoto. “Eu sou o garoto mais feliz do mundo hoje. Foi um prazer. Eu esperei muito por esse momento e eu estou muito orgulhoso.”

“Eu estava nervoso antes de entrar, mas quando eu me acalmei e dei o primeiro toque na bola eu fiquei cheio de confiança. A partir daí eu joguei meu futebol normal.”

Jovem e com personalidade, Bentaleb tem a confiança de Tim Sherwood

“É uma questão de confiança. Quando você dá o primeiro toque na bola e sabe de suas qualidades, você sabe que tem ferramentas para jogar bem,” continuou o jovem meia.

“Ainda há mais por vir. É apenas o começo. Eu tenho que continuar trabalhando duro e espero que tudo dê certo para mim,” concluiu.

Tim Sherwood elogiou bastante o garoto. O treinador conhece Nabil muito bem e sabia que poderia confiar nele.

“Ele foi excelente,” elogiou. “Eu sabia que ele não iria se intimidar, não é o tipo dele.”

“Ele treina todos os dias como se fosse o último dia do mundo. Ele quer melhorar e sabe ouvir.”

“Ele é um jogador top e está pronto para jogar. Eu sabia que ele estava pronto. Se eu penso que eles (os jovens jogadores) não estão prontos, eles não vão ficar nem no banco.”

Outros jovens atletas devem receber oportunidades ainda nessa temporada, com a confirmação de Sherwood como treinador até o término da época seguinte.

 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.
Made in Bahia, mais especificamente na Região do Sisal. Nordestino com orgulho. Licenciado em Letras com Habilitação em Língua Inglesa e Literaturas. Professor de escola pública que, além de ensinar inglês, doutrina seus alunos, dizendo que não existe nada melhor que futebol - a não ser quando o Tottenham perde. Na equipe Tottenham Brasil desde 2011, escrevendo e soltando o sotaque na apresentação da Rádio TB.

Latest posts by Amarilson Gordiano (see all)

  • natã teixeira

    hmmm sera q derrubaram o portuga?