Southampton 2×3 Tottenham

Foi com muito sofrimento, luta e algum ranger de dentes. Mas o Tottenham voltou a vencer na Premier League e entrar na briga pelas primeiras posições na competição. Jogando nesse domingo (22) no St Mary Stadium, o time visitou o Southampton e venceu de virada por 3×2. Adebayor (2) e Hooiveld (contra) marcaram para os Spurs, enquanto Lallana e Lambert descontaram para os donos da casa.

Buscando ascender na classificação e ultrapassar os Spurs, o que aconteceria em caso de vitória, Mauricio Pochettino armou seu Soton com Gazzaniga; Chambers, Lovren, Hooiveld, Fox; Cork, Davis, Schneiderlin, Lallana, Rodriguez; Lambert. Já os Spurs, comandados ainda interinamente por Tim Sherwood, foram alinhados com Lloris; Walker, Dawson, Chiriches, Rose; Dembelé, Eriksen, Lamela, Sigurdsson; Adebayor e Soldado.

O Tottenham mostrava uma mudança de postura, com a equipe mais posicionada a frente e pressionando o adversário, assim como fez na última quarta feira, quando foi eliminado pelo West Ham na Capital One Cup. Porém um meio campo sem um volante parecia dar demasiado espaço ao time da casa. E explorando essa característica, saiu o primeiro gol do embate aos 13 minutos. O lateral Danny Fox avançou sem grande dificuldade pelo meio e tocou para Lallana na entrada da área. O meia da seleção inglesa girou o corpo, não foi bem acompanhado pela zaga e bateu rasteiro, no canto direito de Lloris. A bola beijou a trave antes de tocar as redes, Soton 1×0.

Foto: Reprodução/premierleague
Foto: Reprodução/premierleague

Os Spurs mantiveram o estilo de jogo e alcançaram o empate em lance muito feliz de Emmanuel Adebayor. O até então dispensável atacante foi reintegrado ao time principal e marcou aos 25′ em uma trama interessante. Iniciou a jogada e abriu para Roberto Soldado na esquerda. O espanhol fez o cruzamento e o camisa 10 se esticou todo para marcar em uma espécie de voleio-voadora. Com algumas oportunidades e muita luta de lado a lado, foi o que se viu na primeira etapa.

O segundo tempo começou intenso e com gols. Aos 54′, boa jogada do Tottenham pelo meio em que Eriksen serviu a Rose na linha de fundo. O lateral cruzou rasteiro para a pequena área e o desastroso zagueiro Hooiveld marcou contra. A alegria dos Spurs porém durou pouco. Cinco minutos depois, a zaga não acompanhou e Lallana recebeu na entrada da área, pela meia direita. Observando a saída de Lloris que fechou seu ângulo de chute, o meia tocou pra trás onde Ricky Lambert vinha sem marcação para apenas rolar para o gol vazio, equalizando o marcador. Porém aí foi a vez do Southampton provar do seu próprio veneno e tomar um gol instantes depois. Após cobrança de lateral de Walker na área, a zaga não afastou e o togolês Adebayor bateu de canhota para sacramentar o placar final em 3×2. Ainda houve tempo para Soldado perder três chances na cara do goleiro, batendo todas pra fora, e para a pressão final do Southampton que obrigou Lloris a pelo menos duas boas intervenções, além de outras saídas de gol atabalhoadas.

No fim das contas, vitória dos Spurs que alcançam os 30 pontos na classificação, na sétima posição na tabela e a apenas seis de diferença do líder Liverpool. Na próxima quinta feira (26) os Spurs seguem sua bateria de jogos do fim de ano inglês, encarando o West Bromwich, em White Hart Lane.

 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

Emerson Araujo

Jornalista, aficionado por futebol, torcedor do Cruzeiro (de nascença) e do Tottenham (desde 2005). Orgulhosamente, um dos fundadores da Tottenham Brasil e colaborador do Guerreiro dos Gramados, site voltado a cruzeirenses. Odeia Guardiolismos e acredita que atacante tem que fazer gol. Acredita que todo dia é um 7 a 1 diferente e não há nada de mau nisso. Exímio treinador no Football Manager.

Latest posts by Emerson Araujo (see all)