Everton 0x0 Tottenham

Mais de 100 minutos de futebol não foram o suficiente para Everton ou Tottenham anotarem sequer um gol na tarde desse domingo (03), em Goodison Park. Numa partida em que sobrou disposição, com muita luta no meio campo e boas oportunidades, os goleiros Lloris e Howard saíram como destaques por merecidos clean-sheets. O placar final de 0x0 foi ruim para as duas equipes, que não conseguiram ultrapassar Chelsea e Liverpool, que tropeçaram na rodada, e ainda viram o líder Arsenal abrir vantagem na ponta da tabela.

Foto: Reprodução/bleacherreport
Foto: Reprodução/bleacherreport

André Villas-Boas escalou o Tottenham inicialmente com Lloris; Walker, Dawson, Chiriches, Vertonghen; Sandro, Paulinho, Holtby, Townsend, Lennon; Soldado. Já o treinador do Everton, Roberto Martinez, alinhou sua equipe com Howard; Coleman, Jagielka, Distin, Baines; Barry, McCarthy, Osman, Mirallas, Pienaar e Lukaku.

O primeiro tempo foi de domínio absoluto do Tottenham. Sandro e Townsend tiveram boas oportunidades e esbarraram em defesas eficientes de Howard. Do outro lado Lloris não teve trabalho, sendo mero espectador de um jogo muito intenso. No segundo tempo as coisas se inverteram e o time da casa assumiu o controle das ações, estando perto de marcar com Lukaku. Mas a pontaria dos times não era nem perto da ideal. No fim do jogo, um susto com forte colisão do centroavante belga do Everton com o goleiro Lloris dos Spurs. O arqueiro levou uma joelhada na cabeça e pareceu desacordado por alguns momentos, mas recobrou os sentidos e ficou no jogo até o final, evitando gol de Deulofeu com saída arrojada. Sem gols, sem graça e com pomposos 9 minutos de acréscimo terminou o quebra canelas: Toffees 0x0 Spurs.

O Tottenham retorna ao grupo dos 4 primeiros, ocupando a quarta posição com 20 pontos ganhos, ao lado de Chelsea e Liverpool. O Everton tem um ponto a menos e se encontra na sétima posição, empatado com Manchester City e Southampton. O líder, Arsenal, venceu e abriu perigosos 5 pontos de vantagem para seus perseguidores. Na próxima rodada o Tottenham recebe o Newcastle, em White Hart Lane. O Everton também jogará na capital, onde enfrenta o Crystal Palace na casa do inimigo.

 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.

Emerson Araujo

Jornalista, aficionado por futebol, torcedor do Cruzeiro (de nascença) e do Tottenham (desde 2005). Orgulhosamente, um dos fundadores da Tottenham Brasil e colaborador do Guerreiro dos Gramados, site voltado a cruzeirenses. Odeia Guardiolismos e acredita que atacante tem que fazer gol. Acredita que todo dia é um 7 a 1 diferente e não há nada de mau nisso. Exímio treinador no Football Manager.

Latest posts by Emerson Araujo (see all)

  • Paulo

    Depois que o Sandro saiu no 2° tempo, time sofreu muito mais pressão.
    O AVB achou o esquema defensivo, mas está pecando no ataque. Townsend e Lennon são da mesma posição, para melhorar o lado esquerdo têm que por o ” Siggy ” ou o Lamela, para dar competitividade no ataque, e vejo, o Eriksen meio perdido, porque os pontas ficam no meio, acaba só tendo uma pessoa pra jogar, o Soldado, que sempre fica com 2 ou 3 zagueiros só em cima dele.
    Estamos jogando num verdadeiro 4-2-3-1, muito mal armado, por isso não conseguimos marcar tantos gols.

    E se prepara,porque o Newcastle é um time muito perigoso, com o Ben Arfa, Cabaye, Gouffran,Tioté, Debuchy que aparece bem e tem um bom goleiro, o holandês Krul.

  • Alan

    O AVB deve ser cego ou burro. Apesar do domínio no primeiro tempo, com ótima marcação sobre pressão, o time criava muito pouco. As jogadas pelas pontas com Towsend ou Lennon sempre davam em nada, porque tá muito fácil de marcar, o Everton sempre colocava um na marcação e outro na sobra, como eles jogam como pontas (ou wingers) invertidos tem que sempre cortar pro meio, mas aí vinha o homem da sobra e acabava com a jogada, quando eles iam pro fundo a bola caía na perna ruim e nenhum dos dois conseguia cruzar. Vendo isso, o AVB em nenhum momento do jogo inverteu o Lennon com o Towsend, aí fica complicado.

    A entrada do Dembelé óbvio que tinha que ocorrer, mas ele entrou atuando no mesmo lugar do Sandro, preso lá atrás. Ao invés de segurar o Paulinho (que tava perdido no jogo) e liberar o Dembelé, o time continuou com o Paulinho sem fazer nada na criação e com o Dembelé não passando do meio campo.

    Os 20 pts por enquanto estão ótimos pela fraco futebol apresentado até aqui.

  • Renan

    Barkley tava suspenso ou lesionado? Se o Everton tivesse aberto um pouco mais os cofres (ainda mais com a venda do Fellaini) poderia brigar forte por vaga na UCL.