Hora de voltar à realidade

Jogadores já voltam a treinar após atuarem por suas seleções (Foto: Reprodução/Site Oficial)

A última rodada das eliminatórias para a Copa do Mundo foi bem sucedida para boa parte dos jogadores do Tottenham. Muitos deles conseguiram ajudar as suas seleções a garantir presença aqui no Brasil em 2014. O que significa que veremos vários jogadores do clube atuando em nosso país no próximo ano. Motivo para festejar.

Alguns já estavam com um pé no maior evento de futebol do planeta e só confirmaram o que já parecia óbvio. Foi o caso da Bélgica. Vertonghen, Dembele e Chadli ajudaram a ótima geração belga a voltar à uma Copa do Mundo, com uma campanha quase perfeita nas eliminatórias. Outro trio, dessa vez formado por Defoe, Walker e Townsend, cooperou para que o English Team assegurasse a vaga, mesmo com a desconfiança. O último, ganhou destaque fazendo um belo gol logo na sua estreia e atuando bem nos dois jogos, nos quais foi titular do time de Roy Rodgson. Já Sigurdsson está fazendo história com sua seleção. A Islândia vai disputar a repescagem e pode disputar sua primeira Copa do Mundo.

Esse só foram alguns destaques. Outros jogadores também estarão visíveis ao redor do Brasil no próximo ano. Mas vamos resumir nisso essa parte das eliminatórias, até porque o título desse post já diz: é hora de voltar à realidade.

A festa dos belgas, dos ingleses, do islandês e dos outros acabou. É hora de trabalhar e voltar a focar na Premier League. O time precisa se recuperar da derrota vergonhosa sofrida frente ao West Ham na última rodada. Perder mais pontos como aqueles é inaceitável. André Villas-Boas sabe disso e sabe também que o time tem que treinar bastante para corrigir os erros, que não podem ser repetidos. E o time já tem que estar “nos trinques” para a próxima partida, contra o Aston Villa no domingo (20).

Como já disse em outro post, a boa fase de alguns jogadores em suas seleções pode ajudar no desempenho da equipe. Pode. Mas não é simples assim.

Já fez seu papel na seleção, companheiro? Garantiu a vaga? Sim? Parabéns. Use isso como inspiração. Não? É uma pena. Tente dar a volta por cima. Mas vamos voltar a jogar bola no teu time porque aqui é Premier League. E tem que ganhar esse tipo de jogo se quiser tentar alguma coisa. Tem que aproveitar que ainda é cedo e cortar o mal de perder pontos bobos pela raiz.

Assim, talvez os jogadores consigam repetir no clube o sucesso com as suas seleções.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this pagePin on Pinterest
The following two tabs change content below.
Made in Bahia, mais especificamente na Região do Sisal. Nordestino com orgulho. Licenciado em Letras com Habilitação em Língua Inglesa e Literaturas. Professor de escola pública que, além de ensinar inglês, doutrina seus alunos, dizendo que não existe nada melhor que futebol - a não ser quando o Tottenham perde. Na equipe Tottenham Brasil desde 2011, escrevendo e soltando o sotaque na apresentação da Rádio TB.

Latest posts by Amarilson Gordiano (see all)

  • alguem

    isso ai q vc falou é verdade e vale para os jogadores dos times brasileiros q estão em fase ruim, bem q eles poderiam ler este post e por em pratica.

  • Paulo

    Eu acho que a partida contra o West Ham foi apenas uma escapada, mas serviu para mostrar que Dembèlè não podem jogar juntos, pois deixa a defesa muito exposta, mas se Walker e Rose soubessem marcar poderia até funcionar, um deles vai ser obrigado a sair para entrar Sandro ou Capoue, Dembèlè joga bem, mas o Paulinho é infinitamente melhor, sabe marcar melhor, tem bom passe, sabe conduzir bem a bola e tem um bom arremate fora da área, se jogar como vem jogando ( de coringa ) vai permanecer e vai empurrar o belga para reserva.

  • Thiago_Spurs

    Eu ja acho que Dembele marca bem mais do que Paulinho, tem um ótimo controle de bola, tem bons dribles, força,tem facilidade para se livrar da marcação e Paulinho tem como diferencial a sua chegada a frente que é sempre muito forte, no mais não é tão simples escolher entre um outro como se fala.

  • Rafael

    É Thiago, eu não entendo porquê as pessoas não gostam do Dembele. Paulo tá certo; foi mesmo uma derrota vergonhosa!
    – Parabéns pelo texto Amarilson! #COYS